Kindle fire HD




A Amazon anunciou a chegada do Kindle Fire HD. Se o Kindle nasceu apenas como um eReader, que aliás, ainda existe e foi atualizado também, ele também evoluiu para ser um tablet e concorrer pelo espaço quase soberano do iPad da Apple.

O Kindle Fire HD está disponível em dois tamanhos de tela: 7.5″ e 8.9″. A versão menor começa a ser vendida esta semana com armazenamento de 16GB e preço muito convidativo: 199 dólares. Já a versão com tela maior e mesmo tamanho de armazenamento interno custará 299 dólares. 

NewImage

O iPad mais barato, que tem tela de retina e 16GB de armazenamento custa 499 dólares. Por este preço a Amazon que oferecer o modelo de 8.9″ com 32 GB de armazenamento e suporte para 4G LTE. 

A resolução da tela é de 1920×1200 e densidade de pixel de 254ppi. Isto na versão de 8.9″, mas na versão menor a resolução é obviamente menor. Para complementar as novidades do tablet, o processador é o Tegra 3 e é também o primeiro tablet a ter saída de audio através de dois alto falantes e capacidade de processar sons em Dolby Digital Plus. 

A rede wireless recebeu um upgrade, já que o WIFI é dual band (2.4GHz e 5GHz) e utiliza MIMO com mais de uma antena, aproveitando o eco da rede wireless para amplificar o sinal ao invés de eliminá-lo como interferência. Este tipo de tecnologia, que utiliza mais de uma antena interna o faz 40 % mais rápido do que o novo iPad lançado no começo do ano e mais de 50% mais rápido do que o Nexus 7 que é considerado o tablet com Android.

Por fim, vale a penas comentar que o Kindle Fire HD utiliza Android no seu coração, contudo, é uma versão personalizada pela Amazon. 

Para ver uma comparação entre os dois modelos Kindle Fire HD, iPad e o Nexus 7, veja o artigo do The Guardian.




Leia Também


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>