Video em HTML 5




Compare preçosHTML 5, Adobe Flash, filmadora.

Eu estou completamente perdido. Esta semana e na semana passada também falou-se muito sobre o fato do Vimeo e o YouTube estarem testando aos poucos interfaces de vídeos de seus sites utilizando HTML5 ao invés de Adobe Flash. O Vimeo que explica aos usuários os testes com o HTML 5 são listadas algumas das vantagens:

  • Tocador está disponível assim que se acessa a página
  • Você pode pular para qualquer parte do vídeo sem esperar o buffer carregar
  • Vídeo mais suave e sem travamentos

Por enquanto nem tudo são flores. Apenas os navegadores da Apple e da Google suportam vídeo no HTML5. O IE até funciona, mas precisa instalar o “frame” do Google, seja lá o que for isto. Se você gosta de ver os vídeos em tela cheia, com HTML5 você também não vai poder, nem todos os vídeos estão no novo formato que requer H.264 e também os vídeos para incorporar em páginas fora do Vimeo também não suportam HTML5. Tá, eu entendi, é um teste.

No YouTube a coisa é parecida. Diz que o que eles estão fazendo é um teste e que boa parte das funcionalidade que existem hoje no seu atual player em Adobe Flash não existem no tocador com HTML5. Pelo menos no YouTube eles deixam claro que o desenvolvimento em cima do HTML5 levará alguns meses. Se você quiser testar o HTML5 do Google no YouTube pode fazê-lo aqui.

Mas por que o Firefox não suporta vídeo no HTML5. Bem, ele até suporta, mas não com o codec que todo mundo está adotando. Você pode ver aqui que “todo mundo” está adotando H.264, exceto a familia Mozilla. O motivo pelo que entendi é bem simples de entender. Se você quiser saber mais sobre o assunto pode ler profundamente sobre o assunto codec e padrões adotados em Dive Into HTML5.

O interessante é que o Daily Motion já tinha adotado HTML5 para vídeo no ano passado, mas utilizando outro codec de vídeo. Qual codec? Ogg Theora, Aliás, este codec a Mozilla suporta no Firefox. O vice presidente do grupo Mozilla escreveu um longo artigo em seu blog dissertando sobre o assunto e por que a adoção do H.264 não é a melhor no momento para o Firefox.

No fim da contas, você não precisa se preocupar. Eu testei o HTML5 com o Safari e não vi nenhum motivo para fazer a mudança hoje. Relaxe e curta o alto consumo de CPU do seu navegador por culpa do Flash enquanto ve vídeos bobinhos do YouTube. ;-)

Sobre o Autor 

Sou empreendedor, apaixonado por tecnologia, formado em Engenharia de Computação, Analista de Sistemas de cargo e Analista de Tecnologia de prática. Não satisfeito com isto tudo, sou programador em PHP/WordPress nos finais de semana, fotógrafo amador e um curioso em geral. Blogueiro nas horas vagas (dia de 36 horas) quanto o assunto é tecnologia e carros.

    Em outros lugars :
  • facebook
  • flickr
  • googleplus
  • twitter
  • youtube



Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Vinícius

     /  30/01/2010
    Mas já é um grande passo para reproduzir vídeos sem a necessidade de um plugin externo ao navegador! Ainda mais um plugin mau feito como flash, q na versão 10.1 q promete a aceleração via GPU, aq na minha máquina com uma HD 3850 não esta fazendo diferença alguma, e isto só confirma as previsões de steve jobs em não implementar o flash no navegador do iPhone e iPad: alem de consumir muito recurso dos dispositivos, esta fadado a morte a médio prazo
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Switch to our mobile site