2010 o ano que teremos tablets?




Antes de começar a falar sobre esta nova plataforma computacional um pequeno pensamento. Alguns chamam a nova plataforma de Slate e outros de Tablets. No passado já vimos diversos tablets. Como são estes tablets que já existiram? Eram notebooks normais que tinham uma tela que girava 180 graus e permitia a utilização de uma caneta para escrever sobre a tela. Eu usei alguns e confesso que eles eram piores do que qualquer notebook médio e custavam mais do que qualquer notebook premium. Nem vale a pena enumerar seus problemas, mas uma coisa é clara. Os tablets do passado não tinham “tecnologia” suficientemente avançada para torná-lo um bom produto para o consumidor.

Agora a palavra Tablet volta, mas ela vem misturada e confundida com outra: “Slate”. A definição de slate em inglês é um pequeno pedaço de pedra que permite escrever sobre ele. Curioso é que a claquete que normalmente é utilizada em gravação de filmes e contém informações sobre cena, tomada, nome do filme, diretor e outras coisinhas também é chamado de “slate”.

O primeiro Slate a ser anunciado é da HP. Foi durante o keynote do Steve Ballmer. Ainda é um protótipo e deve ser anunciado oficialmente mais para o final do ano. O vídeo mostra pouco sobre o Slate da HP, mas parece realmente interessante. O formato é prático. O curioso é que o sistema operacional do protótipo é o Windows 7, nada de versão personalizada e específica para o novo formato de computador. Isto é um pouco frustrante, já que existem duas opções de sistema operacional personalizados para equipamentos sem teclado físico e entrada para mouse. O Android e Chrome OS são ideais para este tipo de equipamento, sendo que o Chrome OS pra mim é a melhor opção. Claro que o iPhone OS também é um candidato, mas do jeito que ele é hoje ele não comporta a tarefa. Veja abaixo um teaser do HP Slate.

A HP não é a única a explorar este novo formato de computador. Aliás, quantos novos formatos temos hoje. Temos desktops, notebooks, deskbooks (que são notebooks desenhados para serem utilizados sobre uma mesa), netbooks, smartbooks (categoria entre um smartphone e um netbook), smartphones e agora slates.

A Dell e Lenovo seguem os passos da HP e também terá seu próprio equipamento. Uma coisa é certa. O novo formato de computador vem a milhão até o final do ano e deve começar a chegar pelas mãos de Steve Jobs. O iSlate ou iTablet que a Apple deve anunciar deve ser o líder de um mercado de até 5 bilhões de dólares. Estes dispositivos podem canibalizar as vendas de netbooks e notebooks, mas seu uso é diferente, né? Veja mais aqui. Aliás, até a Motorola está entrando no mercado dos Slates.

O tablet da Apple tem rumores vindo aos noticiarios desde o final do ano passado. O último é que a Apple deve anunciar seu tablet rodando uma variação do iPhone OS em seu evento no final de janeiro e sua disponibilidade no mercado é prevista para o segundo trimestre.




Artigo Anterior

Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Max

     /  11/01/2010

    “desktops, notebooks, deskbooks (que são notebooks desenhados para serem utilizados sobre uma mesa), netbooks, smartbooks (categoria entre um smartphone e um netbook), smartphones e agora slates”.

    Faltaram os nettops, aqueles desktops minúculos, como o Mac mini, aquele novo da Dell [acho que é Zino HD ou algo assim] ou ainda os Eee Box. Não os considero simplesmente desktops porque a arquitetura é muito diferente.

    Sobre tablets, acho que seria melhor que os netbooks passassem a vir, todos eles, com touchscreens. Se não a canibalização que você citou realmente vai acontecer.

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: