A câmera lenta mais lenta do universo




No mês passado vi o artigo no site do MIT falando sobre um experimento que acabou criando a câmera lenta mais lenta que já existiu. Apesar do título óbvio, a câmera não é tão óbvia assim e seu funcionamento, menos ainda. Por conta da tecnologia desenvolvida, a câmera só é capaz de captar imagens unidimensionais, ou seja, uma linha apenas. Para criar um efeito de duas dimensões a câmera grava repetidas vezes um determinado acontecimento, assim criando uma imagem em duas dimensões.

 

Via Bruno Oliveira.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: