A próxima geração de GPS




Enquanto na Europa os equipamentos de navegação por GPS já vem integrados no painel do carro, aqui ainda temos que nos virar com dispositivos que se prendem ao pára-brisa do carro roubando preciosos centímetros quadrados de visão. Se aqui ainda lutamos para ter mapas corretamente atualizados e rotas corretamente calculadas, lá na Europa a coisa é diferente.

Já não basta mais traçar uma rota entre dois pontos, mas sim, chegar ao ponto da maneira mais rápida, evitando congestionamentos, obras e acidentes. Os dois principais concorrentes neste segmento (TomTom e Garmin) estão abordando este próximo salto de maneira diferente. Enquanto a Garmin vai fechando acordo com uma empresa de rádio por satélite para informar o seu usuário de problemas no trajeto, a TomTom utiliza uma tecnologia surpreendente.

Ela consegue pegar informações das ERB em relação a evolução dos celulares em seus deslocamentos e esta informação é atualizada a cada 3 minutos. Apesar de parece muito interessante, este sistema ainda está restrito a 4 cidades da Holanda. Até chegar aqui vai demorar tanto que eu nem vou criar esperanças. A gente ainda nem tem informações de transito atualizadas na internet, imagine no GPS.

Veja mais aqui.




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: