Almoço tecnologicamente correto




Sábado eu fui dar uma volta num shopping, mas antes eu fui almoçar. Nada de mais. Como não era cedo, o restaurante, o Viêna, já tinha fila. ok. espera 2 minutos e pronto, mesa liberada para sentar. Quando o garçom veio notei que seria um almoço diferente. Com o iPod no bolso eu já tinha curtido alguns vídeos esperando no dentista, agora no restaurante me deparo com o garçom segurando um PDA da Dell na mão e perguntando de uma maneira educadíssima qual seria o pedido. Pedi um chopp e um sanduíche americano.

Enquanto eu esperava a comida chegar notei que o AP era da DLink. Tentei até tirar foto com o celular, não ficou ótimo mas dá para ter uma idéia. Este restaurante, tinha apenas 3 semanas de idade. Abriu na semana do natal e estava em pleno vapor. Funcionando muito bem.

Logo na entrada você recebe um cartão numerado com um código de barras. Pena que o PDA não tem leitor para o código de barras. E o pedido fica no sistema interno do restaurante. Fechando a conta o rapaz pede gentilmente para se dirigir ao caixa, pois naquele horário o movimento é muito alto e o foco é liberar a mesa, mas em outros dias e horarios a conta é paga na mesa. Coitado do garçom que ficou sem gorjeta. É ficou, por que eu só tenho direito de plástico e o dindin em notas incompatíveis com a gorjeta.

Na saída todas as maquinetas que leem o meu plástico esperavam por mim. No caixa, também não tinha leitor de código de barras. Claro que isto não é novidade, mas eu nunca tido almoçado num lugar no Brasil assim, tão tecnologicamente correto.




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

2 Comentários

  1. beta

     /  16/01/2006

    Vários restaurantes têm PDAs! O primeiro que eu vi foi o Joe & Leo’s, e como os garçons estavam demorando muito, nós ficamos ameaçando de hackear o sistema e fazer os nossos próprios pedidos… mas é claro que eu não sei fazer isso.

    No tarantino no centro, a história é outra. Os caras são tão rápidos que mal o garçom fez o seu pedido no PDA dele, já chega outro carinha trazendo as bebidas. Não dá tempo nem de mudar de idéia 😉

    Mas já deve ter quase 10 anos que o Rock in Rio Café usava umas maquininhas pra fazer pedidos que os garçons tinham que ficar apontando pros sensores… Lembram disso?

    Eu gosto bastante dessas tecnologias!

    Responder
  2. achei o máximo usar estas geringonças para algo útil, mas acho que não é legal. É tão bom bater papo esperando o garçon trazer as bebidas e depois reclamar que a bebida veio errado. 😉 Principalmente se for mate-leão! Eu só almocei uma vez no Rock in Rio Café e eu lembro destas coisas. Eram infravermelho, se eu não me engano. Fui certa vez fui numa churrascaria no leme que tb tinha uma geringonça destas para pedir bebidas e sobremesas. Quando almocei no J&L não tinha PDA não… 🙁

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: