Apple lança novos iPods




O realmente não consegui resistir a tentação de escrever sobre os novos iPods. O novo iPod chegou e cumpriu o seu papel esperado. É um iPhone sem celular. Tudo bem que o nome é fétido. Como pode o novo iPod se chamar Touch? Este nome já foi usado por uma empresa chinesa para batizar um smartphone muito interessante, porém tecnicamente fraco. A escolha do nome foi realmente fraca e a culpa deve ser do departamento de marketing que estava certamente querendo deixar claro a grande reviravolta de interface que o iPod Touch trás. Por mim, o nome poderia ser apenas iPod e todo nós diríamos que é o iPod de 6ª geração.

Falando mais de suas características técnicas, o iPod Touch vem com OS X, Safari, Wifi, tela sensível ao toque. Aliás, que tela. São 480×320 pixels em densidade de 163 pixel/polegada. Isto deve ser uma beleza de se olhar. Na diagonal são 3,5″. Aliás, todos os iPods agora tem tela com esta densidade. Exceto o nano que tenta compensar seu pequeno tamanho com uma tela com densidade acima dos 200 pixel/polegada. O tamanho é de 2″ na diagonal. Apenas meia polegada menor do que o iPod Classic. Quem acha que eles tem disco interno, tá enganado. O iPod Touch tem memória flash. São dois tamanhos: 8GB e 16GB. O melhor de todas as características dele é ser mais leve que os antigos. 120g contra 140g do iPod Classic. Aliás, o iPod que já conhecíamos, continua existindo, vitaminado e de novo nome: iPod Classic. Eu já chego nele. Veja aqui as características técnicas do iPod Touch.

Bola dentro da Apple foi continuar com seus Guided Tours. O primeiro produto a ter um foi o iPhone, se eu não me engano. Agora com o lançamento do iPod Touch, a história se repete. Não duvido muito que em breve este tipo de vídeo substituirá os manuais. Os vídeos serão segmentados e você poderá fazer perguntas que serão processadas e o vídeo correspondente a resposta será mostrado. Atualmente estes vídeo só estão disponíveis através da da WEB, mas adoraria que eles viessem junto com o aparelho. No CD, por exemplo. No futuro, porém, o ideal é que os vídeos estejam disponíveis dentro do aparelho.

Apenas uma coisa rápida ainda sobre o Guided Tour. O japa que apresenta o vídeo do iPod Touch é um clone do Steve Jobs ou um Stevie-wanna-be. Camisa preta e uns ‘trejeitos’ com mãos e cabeças que tava foda de não rir. Você pode assistir o Guided Tour do iPod Touch aqui.

Com o nascimento do iPod Touch a linha de iPods sofreu uma mutação. O irmão menor ficou com inveja da enorme tela que o iPhone e iPod Touch tem e resolveu ser mais do que ele sempre foi. Sua tela cresceu e ele parece agora com um iPod de 5ª geração anão. O iPhone também evoluiu. A versão de 4GB sucumbiu ao esquecimento e a versão de 8GB recebeu um novo preço. US$ 399. O iPod de 5ª geração continua existindo. Agora com novos tamanhos de disco. 80GB e 160GB.

Eu fiquei impressionado com o tempo de bateria dos iPods. Pelo Touch não ter partes móveis, afinal, não tem disco rígido interno, imaginei que seu tempo de bateria fosse muito superior ao seu antecessor. Errado. Seu tempo de bateria é apenas igual, senão inferior. Para música o tempo diminui, porém para reprodução de vídeo o tempo é idêntico. Eu colocaria a culpa, para o tempo inferior de bateria, na grande tela de LCD, mas isso afetaria o tempo de reprodução de vídeo. E como mencionei o tempo é igual. Possivelmente o menor tempo de bateria se deve ao fato do Touch ser 2 milímetros mais fino. Tudo bem que ele é 7 milímetros mais alto, mas o espaço deve ter sido ocupado por outro tipo de eletrônico.

Senti falta neste iPod a câmera que o iPhone tem. Por que não tem? Aliás, uma comparação rápida de preço entre os dois deixa algumas dúvidas. Um iPhone de 8GB custa hoje 399 doletas, já o iPod Touch de 8GB custa apenas 299 dinheiramas estadunidenses. Eu queria uma camera nele.

Ainda farei mais alguns artigos sobre o caso, mas eu precisa apenas falar isto hoje! 😉




Artigo Anterior

Leia Também


Deixe um comentário

2 Comentários

  1. EduardoMartins-RJ

     /  06/09/2007

    O iPod Touch tinha tudo pra ser excelente, mas a apple continua deixando de fora o microfone embutido pra gravações de voz (algo muito útil para alunos gravarem aulas da escola ou de cursos) e o Rádio (afinal, por mais música que vc tenha, vc tb precisa ficar informado com uma CBN ou Band News FM, além de ser produto de extrema necessidade quando o seu time joga ou a seleção esta na Copa e vc sem TV he he).

    E se eu fosse engenheiro da Apple tb pesquisaria a integração com a TV Digital Móvel. O iPod do futuro deve ser mais do que um tocador de música e videos, precisa ser um centro de diversão multimídia móvel pra vc passar o seu tempo, por exemplo, se divertindo na fila do banco (já pensou? ter a fila do banco como um dos seus momentos de diversão no dia? ha ha ha).
    E por mais que alguns digam que rádios podem ser acessadas pela net, nem todas são acessíveis, tem o problema do lag e não se tem conexão wi-fi dando sopa por tudo quanto é canto, ainda mais que seja grátis.

    Estou curioso pra ver a reação da Sandisk com a sua excelente linha Sansa.

    Responder
  2. Certamente a Apple vai focar na TV de alta definição móvel quando o padrão americano tiver uma solução para isto. O ATSC ainda não pode ser visto de maneira móvel. A Qualcomm que adora ter soluções proprietárias, resolveu sair na frente e dar uma solução para vídeo móvel através do MediaFLO, mas é improvável que a Apple pague royalties para ela e adotar esta solução porca.

    Quando ao gravador de som e sintonizador FM, vc tem razão. O circuito para rádio é mínimo hoje em dia e poderia ser facilmente embutido, eles não devem ter optado por fazê-lo por questões de implementação.

    Quem sabe um touch v2 não terá isto tudo? Agora as coisas são bem mais fáceis, afinal, OS X está embarcado.

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: