Apple TV ou Google TV?




Este é um artigo bastante difícil para eu escrever. Pra começar declaro abertamente que sou Apple-fanboy, mas isto não faz de mim um seguidor cego do culto de Jobs. Tenho preferencia por maçãs, mas não sou xiita e a ponto de desconsiderar outras frutas. Seguido do meu descontentamento com o comportamento que a Google anda tendo, realmente não tenho como não ter dificuldade em analisar os dois produtos e declarar minha opinião.

Apple TV e Google TV não são nada de outro mundo. Aliás, nem novidade são, afinal, sistemas de HTPC existem já faz tempo. Boxee, Plex e outros tantos já estão por ai nos corações de computadores ligados à televisores para a tarefa. Acontece que Apple TV e Google TV não precisam de um computador. O Apple TV é uma solução de hardware da Apple que sofreu uma mutação recente e virou um serviço na nuvem. Ou quase.

Apple TV

Antes o Apple TV era uma maneira de ter conteúdos comprados e armazenados localmente. Você adquire séries e filmes pela loja iTunes (apenas nos países onde existe a loja, o que não é nosso caso, pois aqui é só uma app store para aplicações para iPhone/iPod/iPad) e armazena localmente.

Na versão do Apple TV lançada este ano, você só pode alugar vídeos da iTunes Store. Se você quiser comprar algo, precisa comprar no seu computador e fazer streaming do computador para o Apple TV. Nada de mal nisto. O bom é que não é mais preciso correr atrás de soluções para trocar o HD do Apple TV ou maldizer jobs por não fazer um equipamento com HD maior, deixar de colocar uma porta USB para um HD externo e outras alucinações.

O novo Apple TV roda iOS, ainda que limitado, o que pode indicar que no futuro, a Apple pode permitir que se faça aplicações para ele e o televisor seja algo realmente parecido com o monitor do computador. Apenas um dispositivo de output que é comandado por uma caixa inteligente. Além do iOS, a Apple colocou ainda o A4, o processador do iPhone e iPad de primeira geração, que é capaz de coisas fantásticas, mas não é capaz de exibir vídeo em 1080i. O que é uma pena. Veja mais detalhes sobre o Apple TV na wikipedia.

E quanto a criança custa? 99 dólares. Certamente uma das melhores soluções para você ter conteúdo no seu computador e fazer streaming para a TV. Ok, eu sei que existe o tal do DLNA, mas ainda não o vi funcionando e parece que ninguém fala dele. Também sei que tem a tal da porta USB, mas cá entre nós, copiar filmes para um pendrive é replicar informação e é tedioso. Se o filme/série/video está no computador, deixa ele lá.

Google TV

Resumidamente é uma versão do Android para ser executado em set top boxes e dentro de TVs. A Google fez o software e os parceiros encararam o desafio de criar o hardware para ele ser utilizado. Parceiros como Intel, Sony e Logitech fazem parte de empresas que estão empenhadas em criar um concorrente ao Apple TV.

Se você assistiu o vídeo acima, viu pelo menos uma coisa impressionante desta solução. Se você estiver vendo um vídeo no seu espertofone, pode enviar o vídeo para o Google TV e ver na TV com todos que estão na sala.

Em especifico da solução da Logitech, que se chama Revue, gostei do mini teclado, mas odiei o seu preço. 100 dólares por um mini teclado? Ainda bem que vai dar para usar o smartphone com um App que pode controlar o bicho. Aliás, outra coisa para arrancar os pelos íntimos. O Logitech Revue custa 300 dólares.

Sony lançou esta semana seus televisores com o Google TV. Os preços estão entre 600 e 1400 dólares para os modelos de 24 e 46″ respectivamente. Todas 1080p com LED. O único acessório apresentado é um teclado RF que poderá ser utilizado com o PS3 também. Além de televisores a Sony lança players bluray que vem com o Google TV. Vai custar 400 dólares. Veja mais aqui.

E aí?

Se você for comparar os dois produtos vai ver que eles são bem diferentes e o produto da Logitech é bem mais voltado a coexistir com o conteúdo que já chega à sua TV. O produto da Apple toma conta da TV só para ela. O Revue é capaz de deixar a TV em PIP e controlar o set top box para mudar o canal da sua TV por assinatura e até mesmo o volume da TV. Certamente o custo mais alto da solução da Logitech com Google TV é justificado e o Apple TV continua sendo apenas uma aposta.

Se começarem a aparecer televisores com Google TV embutido, a coisa realmente vai começar a ficar interessante. Se você quiser ver mais sobre a comparação entre os dois produtos, pode ver um ótimo artigo aqui.




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: