Aprendizado acelerado




Outro dia acabei caindo numa página sobre como superar a timidez. Não pergunte por que. Eu pratico um esporte perigoso na internet onde vou clicando em links a partir de uma pesquisa aleatória que normalmente é motivada por algum assunto recente que eu tenha escutado ou participado. Durante estas pesquisas costumo encontrar algum conteúdo útil ou interessante. Na última pesquisa cai na tal página sobre timidez e durante a leitura acabei descobrindo o Georgi Lozanov, um educador/médico búlgaro.

Durante a década de 60 (adorável época, diga-se de passagem) Lozanov fez uma descoberta interessante. Durante um estado mental especifico o cérebro é capaz de aprender mais e em menos tempo. Este estado mental é chamado de estado de vigília relaxada. Neste estado o cérebro opera na faixa de 8 a 12 ciclos por segundo. Decididamente o cérebro é computador. Ciclos? Sério que o cérebro é capaz disto?

Com frequencia mental baixa o cérebro se livra de tensões e stress permitindo absorver informação de maneira ordenada e assim é capaz de aprender melhor, pois a percepção, processamento, memorização e recuperação de informações aprendidas melhoram substancialmente.

Lozanov resolveu então dividir suas aulas em 3 partes utilizando música barroca por conta de suas 60/70 batidas por minuto.

  1. Relaxamento bioenergético (semelhante ao da tradição iogue)
  2. Um concerto passivo, onde a matéria era lida de forma sugestiva para os alunos, tendo como fundo musical peças de Handel, Bach e Corelli
  3. Um concerto ativo, onde a matéria era lida novamente, de forma sugestiva-expressiva, ao som de peças, como por exemplo, o Concerto nº 7 para violino e orquestra, de Mozart.

A música é parte fundamental para o aprendizado acelerado. Para saber mais a respeito. Leia esta página.

Lá você vai ver que é durante as primeiras horas do sono que o cérebro realmente aprende. Lembra da página sobre como superar a timidez? Então, lá eu vi um técnica para consolidar informações na memória existe um exercício que pode ser feito de maneira bastante simples e que consome pouco tempo, mas requer disciplina para executar.

São 4 sessões de 4 ou 5 minutos que você deve repetir durante 21 dias. Após uma pausa de 7 dias, pode se recomeçar o ciclo de 21 dias.

  • pela manhã, antes do dejejum, ainda na cama
  • antes do almoço
  • ao entardecer
  • na cama, antes de dormir

Durante as sessões você deve repetir o conjunto de formulações que precisam ser “aprendidas”. Se quiser ler o artigo sobre a timidez, em seu final está o processo descrito acima.

Pode parecer que este artigo é totalmente fora da temática tecnologica que mantenho fielmente no blog, mas não. Esta técnica bastante interessante que pode ser usado por profissionais que entram em projetos complexos já em andamento, por exemplo.




Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Legal o artigo. Pesquisei as músicas barrocas e encontrei algumas com 60 bpm
    Fonte: http://www.nqnet.com/learn/

    1. A. Scarlatti – Gavotte – 3:51
    2. JS Bach – Prelude from Cello Suite – 3:51
    3. D. Scarlatti – Sonata L423 – 2:39
    4. JS Bach – Allemande (Cello Suite 3) – 5:51
    5. JS Bach – Gavotte (Cello) – 2:05
    6. JS Bach – Be Thou Near Me – 2:17
    7. G. Sanz – Espagnoleta – 1:36
    8. G. Sanz – Rujero – 2:00
    9. Anon – Gavotte – 1:44
    10. Anon – Trezza – 1:33
    11. Anon – Allemande – 1:52
    12. R. de Visee – Allemande – 1:58
    13. S. de Murcia – Cancion O Tocata 1:45
    14. G. Platti – Allegro – 5:59
    15. S. Weiss – Bourree – 5:05
    16. G. Brescianello – Menuett – 2:30
    17. Count Bergen – Bourree – 1:35
    18. D. Kellner – Aria – 2:08
    19. Francisque – Branle – 2:26
    20. Johann Logy – Sarabande – 1:56
    21. Johann Logy – Gigue – 1:26
    22. G. Brescianello – Entree – 1:39
    23. Anon – Gigue – 1:10

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: