Banda Larga está ficando mais larga e mais barata




Além dos dados abaixo, alguns números interessantes extraídos do levantamento feito pela Cisco são: A quantidade de usuários de banda larga com velocidade de 256kbps diminuiu. Banda larga acima de 1Mbps representa quase 30 % do total. A tecnologia mais utilizada é xDSL que vale 75% do mercado, porém acesso por cabo tem o maior crescimento 13%, mas representa nem 1/4 do mercado.

Com a maior oferta de Banda Larga em velocidades acima de 1Mbps, acentua-se a queda de preço nesta faixa de velocidade. Assim como no trimestre passado, o acesso entre 1 e 2 Mbps teve redução de 30% em seu valor, em relação ao mesmo período do ano anterior. Já o acesso em velocidades mais altas, acima de 2Mbps, por ainda ser considerado Premium, destinado às classes sociais mais altas, teve redução menor (4,1%).

Nesse trimestre, surgiram também novas ofertas com velocidades entre 10 e 20Mbps. Estas velocidades são vendidas a um preço pouco convidativo, cerca de R$ 500,00, portanto, ainda não competem diretamente com as velocidades predominantes no mercado.

O acesso em baixa velocidade teve redução de preços, de aproximadamente 12%. Trata-se de um tipo de acesso que já atingiu seu preço mínimo (cerca de R$ 50,00 mensais) e, a partir de agora, deve passar apenas por freqüentes aumentos de banda, sem alterar o valor.

Comparando o preço do acesso no Brasil com países do Leste Europeu, percebe-se como o valor cobrado no Brasil é mais alto. Com exceção da Polônia, que também mantém velocidades de 128kbps em seu portfólio, o Brasil tem velocidade de entrada muito baixa e preço de cerca de 10 dólares mais alto do que as velocidades de entrada na Rússia (1Mbps) e na República Tcheca (2Mbps).

Fonte: Cisco




Leia Também


Deixe um comentário

3 Comentários

  1. Ainda existem sobreviventes da internet discada!? rs. Uso Virtua 2mega em casa e um pouquinho a mais não faria mal.

    Concordo (totalmente) que o Brasil ainda ta bem atrás na questão preço vs velocidade…

    (A menos que 10+9 não seja 19, o esquema de confirmação aí ta com algum problema :P… Tava dando erro e acabou indo no post errado, foi mals, rs.)

    Responder
  2. Eu adoraria mais velocidade, mas minha politica é sempre usar a banda larga mais barata disponível. Estou com 1 MB e estou feliz.

    Meu blog anda meio estranho. Tá dando erro 404 direto. Não sei o que está havendo. Já instalei o WordPress do zero novamente e nada de resolver. Eu acho que o problema é a Dreamhost.

    Responder
  3. Carlos

     /  09/08/2009

    As empresas estrangeiras demonstram desprezo pelo consumidor brasileiro. Nossa única espeança é o projeto BEL Banda Extra Larga, que promete conexões de 100Mbps. O sistema vem sendo desenvolvido pela COPEL empresa paranaense de energia elétrica, uma empresa muito competente e inovadora. O estado do Paraná poderá liderar o resto do Brasil numa verdadeira revolução no acesso a internet em altas velocidades, a COPEL já tem quase todo o estado do Paraná ligado por uma rede de fibra ótica, mas o consumidor final irá poder se conectar via rede elétrica, isto é, de qualquer tomada de sua casa. O sistema foi muito aprimorado ao longo dos últimos anos e os problemas do passado superados. É esperar e torcer para que empresas mafiosas e políticos corrúptos não consigam atrapalhar mais esta iniciativa. Estou na torcida.
    Existe um livro que conta em detalhes todo o projeto BEL, vale conferir no site da COPEL.

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: