Carros elétricos para alugar no Rio de Janeiro




Eu acho algumas ações do nosso governo totalmente fora de propósito. A prefeitura do Rio de Janeiro por exemplo pode estar completamente fora da realidade querendo aparecer ou simplesmente com uma visão muito além do meu alcance.

Li no O Globo que por aqui pode aparecer um serviço de aluguel de carros elétricos. O importante que foi dito é que não vai ser aluguel de carro elétrico como os carrinhos de golfe que são os mais populares por aqui, falando em termos de veículos elétricos, claro.

O sistema é similar ao fracassado sistema de aluguel de bicicletas que apareceu, mas desapareceu assim como suas bicicletas que não podem ser mais vistas em lugar algum. Você pode alugar o carro em alguma estação de carros e depois entregar o carro em outro local da cidade. Eu adoraria poder fazer isto. Seria ótimo se carros elétricos não tivessem que pagar estacionamento.

Contudo, a iniciativa me parece mais marketing do que efetivamente uma ação real e possível de ser executada e ser economicamente viável. Pra começar, se o esquema com carros normais não existe, por que com carros elétricos existiria? Não existem carros elétricos à venda no Brasil, culpa do governo federal que não consegue definir regras claras para que as montadoras façam seus planos para oferecer seus produtos por aqui e também eventualmente fabrica-los por aqui. Carros elétricos por aqui são sinônimo de derrota em português. Pelo menos no meu dicionário.

Indo além, no caso do Rio de Janeiro ou até mesmo de outras capitais que sofrem com congestionamentos, a chegada do carro elétrico por preços similares aos atuais pode ser traduzido como o caos ainda maior. A economia que se terá com carros elétricos é enorme. O custo é bem menor do que o carro movido a combustíveis fósseis ou oriundos de massa vegetal e ainda tem a vantagem de não gerar poluição atmosférica. Se o custo é tão mais baixo, todos vão querer ter um carro elétrico, pois o custo para manter é menor e mais pessoas poderão ter carros. FAIL à caminho.

Diz que até o fim deste ano alguma coisa pode sair do papel. Eu to rindo.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: