Carros europeus e brasileiros, qual a semelhança?




Semana passada li dois artigos que me deixaram feliz e triste ao mesmo tempo. Triste por que por aqui, não tem como ser feliz com os carros que saem das montadoras com foco na massa. Os carros são caros, ruins e pouco seguros. Contudo são os que mais vendem por serem os mais acessíveis.

A primeira notícia dá conta de testes de segurança realizados pela Latin NCAP, que é um órgão que avalia de maneira independente a segurança de carros em diferentes mercados. Os carros são avaliados e recebem entre 1 e 5 estrelas. Quanto mais estrelas, mais seguro. Agora no final de novembro foi liberado o resultado de mais uma bateria de testes realizado com carros como GM Classic, GM Celta e Fiat Uno. Estes carros foram bem mal e o que mais chamou a atenção foi o fato que o resultado foi digno de carros europeus… de 20 anos atrás.

Ficou com medo? Veja o vídeo então para ficar com ainda mais medo!

Não se engane quanto aos carros globais. Por exemplo, Cruze, Focus e March são carros globais, mas suas versões fabricadas no mercosul tem diferenças estruturais e não são tão bons quanto as versões fabricadas na Europa ou em países que exportam para a Europa. Veja mais sobre o teste aqui.

Já a segunda noticia diz respeito a um equipamento obrigatório também na Europa. Por lá, todo veículo a partir de 2014 terá que sair de fábrica com o recurso ESP, que é o controle de estabilidade. O que ele faz? Ele tenta acertar o carro freando ou tirando tração da roda no caso do carro perder a direção ou derrapar. O sistema é da Bosch, ou melhor, foi inventado pela Bosch em 1995 e apenas agora a Europa está tornando o obrigatório. Por lá, cerca de 63% dos carros já saem de fábrica com o ESP, no resto do mundo apenas 41% tem a sopa de letrinhas, já por aqui, nem vale a pena comentar. Aqui a gente ainda está obrigando ABS e Airbag…

O negócio é comprar carro importado, assim dá para se sentir mais seguro, mas é uma lástima que tenhamos que pagar tão caro para ter um carro bom. Ainda mais com esta aumento absurdo de IPI.




Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: