Cidades 3D a partir de fotos do flickr




Uma equipe de computação da Universidade de Washington conseguiu montar modelos 3D de 3 cidades utilizando aproximadamente 500 mil fotos. O método foi similar ao que levou a criação do Photosynth da Microsoft que foi criado no mesmo laboratório de pesquisa.

O algoritmo entre os dois é similar. O Photosynth é capaz de ver apenas centenas ou milhares de fotos, já o novo algoritmo para criar modelos 3D muito mais rápido e com volume de dados também muito maior. Com ajuda de um farm de 500 computadores e 13 horas de processamento, foram identificadas 150 mil fotos de Roma, mais 8 horas e voilá: modelo 3D. Roma foi fácil comparado com Veneza. Foram 250 mil imagens coletadas em 27 horas e o modelo 3D saiu após 38 horas de processamento. A comparação é que usando o mesmo algoritmo do Photosynth para selecionar as mesmas 250 mil fotos, utilizando so mesmo 500 computadores, seriam necessárias pelo menos 1 ano.

Eu nem imagino quanto tempo seria necessário para fazer o mesmo trabalho num programa como o 3D Max. Aliás, uma das perguntas que eu sempre me faço é se estes modelos 3D podem depois ser reutilizados em programas de modelagem 3D, seja no 3D Max, ou no Maya. Eu acho que não né?

Veja mais detalhes no site PopSci.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: