Como usar o MarcoPolo




No mês passado eu comentei sobre o meu problema com o iTunes e sua incapacidade de acionar o mapeamento da área do Time Capsule. Bem, após rápida pesquisa no google achei algumas soluções e a que ficou instalada é o MarcoPolo.

Após deixá-lo instalado e bater um pouco a cabeça finalmente consegui configurá-lo para automaticamente mapear o Time Capsule automaticamente. Funciona que é uma beleza!

A primeira coisa que você precisa fazer é ter dois contextos. Eu configurei o “Automatic” e “Underground Layer”. O primeiro é ativado quando o iTunes não está ativo e o segundo é… dã… quando o iTunes está ativo.

Note as configurações de confiança de ativação. Nesta tela de contextos, você apenas configura o nome e não o percentual de ativação dos mesmos. Além dos contextos criados, você ainda precisa mexer na nível de confiança que é necessário para trocar de contexto. Eu deixei o meu MarcoPolo configurado para trocar de contexto quase que imediatamente. Veja a tela abaixo.

Feito isto é hora de configurar as regras de mudança de contexto. Eu configurei 3 regras. A primeira é para identificar o SSID da rede sem fio dentro do contexto Underground Layer com confiança de cerca de 80%. A segunda regra é para detectar a execução de um programa, que no caso que eu preciso é o iTunes, para o mesmo contexto e confiança parecida com o da primeira regra. Por fim, criei uma regra para o contexto Automatic com confiança maior. Por volta de 90%. Não testei para ver se esta regra é realmente necessária. O fato é que está funcionando.

Depois de tantas telas, você só precisa visitar mais uma única tela para viver feliz com o MarcoPolo. A tela é a de ações. Nela voce vai configurar o que deve ser feito em cada ativação (ou desativação) de cada contexto. Eu configurei a ação de mapeamento do Time Capsule quando o contexto Underground Layer é ativado.

No campo de parametro basta informar o caminho do Time Capsule com a pasta à ser mapeado. E acabou. Tudo pronto para você usar o MarcoPolo para mapear o seu TC e escutar as músicas que estão nele armazenadas.




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

3 Comentários

  1. Alexander

     /  09/06/2009

    OBRIGADO Bernardo. Hj mesmo vou tentar fazer isso. Nunca me passou pela cabeca como configurar corretamente o Marco Polo, mas sabia q ele era poderoso!

    Responder
  2. Alexander

     /  09/06/2009

    Eh curioso q o wallpaper q o site do MarcoPolo usa eh um morro .. parece do Rio, nao?

    Bernardo, eu gosto qdo vc coloca imagens q vc mesmo produz. Pq vc as vezes opta por copiar dos sites dos softwares? Eu apoio q vc coloque sempre q puder as suas printscreen. Sao mais interessantes, e normalmente com mais resolucao tb.

    Responder
    • hehehe, mas aquilo não é o Rio não. Tem mais cara de Vietnam! 😉 Como se desse para dizer!

      Sobre as imagens, quanto tenho o programa instalado eu até capturo a imagem do meu micro, mas dá mais trabalho do usar as imagens que os próprios sites oferecem. O tempo é pouco e o que tem pra fazer é muito. You do the math! :mrgreen:

      Mas eu concordo com você. Tem hora que não dá para reaproveitar imagens.

      Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: