Criando temas elásticos para WordPress




Eu fiquei simplesmente maravilhado com o plugin Elastic para WordPress. Eu vi a apresentação em vídeo abaixo e tive a impressão que era um tema, mas assim que fui procurar o dito para fazer o download, percebi que não era um tema, mas sim um plugin. Ele se chama Elastic Theme Editor e pra mim é um divisor de águas.

Se antes o tema precisava ser criado por experts de CSS, PHP e algumas ferramentas mais complexas, agora é possível criar temas para o WordPress arrastando e soltando caixinhas num editor WYSIWYG. É realmente simples e fácil criar temas utilizando este plugin. Se você não acredita, veja a demonstração de como se faz um tema a partir do zero em apenas alguns segundos.

Apesar do elastic ser um plugin, imagino que o futuro de temas, como o apresentador menciona num dos vídeos acima, é que o tema seja na verdade um framework onde você pode personalizar da maneira que você desejar.

Um dos grandes problemas que existem hoje em temas para WordPress é que eles tem o mesmo esquema de atualização que plugins, só que plugins dificilmente são personalizados e quando são, se faz através de configuração de parâmetros que ficam armazenados na base de dados. No caso de temas, isto não é bem assim. Eu sempre personalizei bastante os temas para se adequar ao máximo às necessidades do blog, quando você opta por atualizar um tema do mesmo jeito que um plugin e é a única maneira de atualizar automaticamente é sobreescrevendo o atual e perdendo as personalizações.

Se o tema for um framework as coisas ficam bem mais fáceis, pois toda a personalização fica armazenada nas configurações e consequentemente no banco de dados. Isto faz com que o tema seja na verdade um plugin e os problemas que relatei não acontecem mais. Quando você for atualizar o “tema” você estará atualizando apenas os arquivos de script de PHP do framework e todas as suas personalizações são preservadas. O Elastic é o primeiro passo nesta direção. Se vai vingar ou não, temos que esperar, mas que o assunto muito me interessa, isto é certo.




Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Caraca, mto da hora esse plugin, com certeza vou experimentar…

    valeu a dica

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: