Dicas para entrar na onda HDTV




Nestes últimos meses fui bombardeado com perguntas sobre HDTV, perguntas sobre qual TV comprar entre outras perguntas mais técnicas. Sempre falei a mesma coisa. O melhor é esperar, afinal quem morre de véspera é peru de natal. Ninguém sabe o que os fabricantes podem fazer. Certamente eles podem nos surpreender ou simplesmente nos decepcionar. Se o caso for o último, não perdemos nada, afinal, no mundo eletrônico o que mais acontece é os preços baixaram.

Lendo o jornal O Globo Online eu descobri um ótimo artigo que nos ajuda tomar decisões neste assunto. Veja o destaque abaixo:

Para Hashimoto, o longo tempo de migração do sistema analógico para o digital, a demora na agenda de chegada às outras capitais e a indefinição sobre os custos dos aparelhos conversores são motivos suficientes para desanimar qualquer “apressadinho”.

– Não recomendo que o consumidor tenha pressa. Basta perguntar: será que vale a pena correr para assistir dois ou três programas com qualidade digital e gastar R$ 300, R$ 400 em um aparelho e R$ 2 mil em um televisor novo? As principais vantagens as TVs a cabo e satélite já oferecem uma noção. Por isso não acho que haverá corrida. Melhor é ter paciência, esperar o padrão se estabelecer e serem incorporados outros recursos de TV digital, além apenas da imagem em alta definição – recomenda Hashimoto.

Atualmente existem dois programas no ar com qualidade digital: Dance, Dance, Dance da Band e Duas Caras da Globo. Já a MTV promete sua programação, ou 80% dela, em HDTV até o final de 2008. Imagina gastar uma grana alta este ano para ver dois programas, quando temos certeza de que no ano que vem estes equipamentos de HDTV podem estar até 30% mais baratos.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: