E quem disse que Macs são perfeitos?




Semana passada eu tive minha primeira experiência “terrível” com meu antigo Mac. Pensando melhor, segunda, já que um MacBook que “uso” no trabalho já deu um mega pau, diagnostiquei problema de HD que foi prontamente confirmado pela revenda que prestou a assistência técnica. Sorte que o equipamento ainda estava em garantia.

Voltando ao meu antigo Mac, que agora é da minha mãe. Ele foi meu primeiro Mac e agora com a minha mãe ele não recebe o mesmo tratamento de atualização imediata que eu dou ao meu Mac. Pois bem. Peguei o na semana passada para conferir a configuração e notei que algumas atualizações do “Software Update” estavam pendentes. Prontamente cliquem em baixar e instalar.

Deixei o Mac da minha mãe na bateria, fazendo o download, enquanto no meu Mac eu atualizava o blog, enquanto assistia um DVD. Eu perdi noção do tempo e naturalmente a bateria do Mac da minha mãe acabou. Assim que percebi, coloquei o no carregador e uma das atualizações baixadas foram instaladas mas a atualização de segurança 2008-008 deu pau. Afinal, não foi feito o download corretamente.

Nenhum problema até aí, certo? Só baixar novamente e deixar o software fazer sua parte. Após novo download e aplicação a máquina nunca mais voltou a dar boot. Seria esta minha primeira derrota? Para minha sorte eu sabia que era a atualização 2008-008.

Fui ao google pesquisar e encontrei um artigo que me ajudou. O artigo, na verdade uma mensagem do fórum da Apple, indicava alguns passos. Tentei o primeiro que era recuperar as permissões perdidas durante a atualização, mas sem sucesso. Para fazer isto, tive que pegar o CD do Tiger e dar boot por ele. Isto eu consegui apertando a tecla “C” durante o boot. Após entrar no menu de instalação do OS X, acionei o Disk Utility que fez a verificação de permissões. Encontrou algumas erradas e consertou. Uma pena que não resolveu o problema.

Verificação do disco não achou erros e por fim só restava a última recomendação da mensagem. Reaplica o patch 2008-008. Baixei através do meu computador e através de um pendrive, segui outras instruções do fórum da Apple. Funcionou que nem uma beleza. Vibrei quando o computador da minha mãe ligou normalmente denovo.

Final feliz e a prova de que, mesmo com tudo certo, às vezes dá problemas acontecem no mundo Mac também.




Leia Também


Deixe um comentário

3 Comentários

  1. Passar por um problema no Mac e resolver é como ir ao inferno e voltar, a felicidade é imensa e parece que o carinho pela máquina aumente mais ainda, eu tive um problema bem mais complexo com um iMac translúcido, ele resistiu por mais de 1 ano com um flyback (sim o nome é estranho mas é o que faz a energia ligar seu pc ou mac) com defeito, duas coisas poderiam acontecer nesse caso, o flyback queimar e junto levar várias peças com ele ou ele queimar e o computador não ligar mais, seria muito fácil trocar… isso se a peça fosse barata, no caso de um pc seria barato, no caso do mac não… ou seja, valeria mais a pena juntar a grana e comprar outro, foi o que eu fiz e o mac aguentou firme entre uma apagada e outra…

    Responder
  2. Eu escutei uma boa hoje. Ter um Mac no Brasil é como ter uma Ferrari, também aqui no Brasil. Tudo é uma maravilha até dar problema…

    Responder
  3. Se isso fosse no windows, só o format c: (eu sei q esse comando já era) salvaria, hehehe … e com eles todos os seus dados.

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: