E se o Google Earth fosse atualizado todos os dias?




Assim que o Google Earth foi lançado, imaginei o trabalho que deu fazer o rendering de tantas imagens para serem vistas num computador com baixo poder computacional (comparado com os supercomputadores que eu imaginava serem necessários para lidar com tamanha informação). 

Infelizmente existe muita gente acha que o Google Earth é uma visão próxima do tempo real. Sem querer qualificar tais pessoas, no futuro próximo, o Google Earth pode ter imagens atualizadas quase que diariamente. 

NewImage

Deixo claro que isto é apenas uma possibilidade que pode vir a acontecer se empresa Planet Labs conseguir colocar sua constelação de satélites no ar. O alvo da Planet Labs é ter 150 satélites em órbita para que eles consigam tira fotos diariamente e enviar para a terra. Acima você pode ver um dos satélites e logo fica claro, como 150 satélites são necessários. Abaixo você pode ver um “flock” que é como eles chamam os grupos de satélites.

NewImage

Fiquei surpreso que a empresa conseguiu colocar 73 em órbita no passado e que em um único lançamento mal sucedido, eles perderam 26 satélites. 26! Eu sempre imaginei que satélites fossem grandes mamutes, tipo do tamanho de uma pickup grande, mas pelo visto, os satélites da Planet Labs são bem compactos. Pelo que entendi estão na categoria de CubeSat com peso abaixo dos 10kg.

NewImage

Estes satélites, são chamados de Doves. A resolução das imagens é de 3 à 5 metros e a cada 90 minutos eles dão uma volta no planeta, ou seja, são 16 passadas pelo planeta por dia.

NewImage

Outro fato interessante é que os satélites devem ficar em órbita durante quase 20 anos na faixa entre 400 e 600 km de altitude. Acima disto a quantidade de objetos flutuando é bastante alta e pode gerar problemas de colisão de dano no satélite.




Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: