Eficiência energética para automóveis




Está valendo! Agora as montadoras que quiserem informar quão efiecientes seus carros para seus potenciais consumidores podem fazê-lo seguindo regras claras e homogêneas. O Inmetro fez a norma que serve para comparar todos os carros através de seus respectivos segmentos. Segundo o artigo que li na revista AutoEsporte é bem capaz que os números informados pelas etiquetas como esta aí ao lado não sejam alcançados pelos motoristas, porém a informação é de correlação. Vale que o carro mais econômico será o mais econômico nas mão dos motoristas, porém talvez não tão econômico. Entendeu? (Ganha um pirulito quem disser quantas vezes eu escrevi “econômico”! 😉 )

Bom, algumas montadoras não irão colocar as etiquetas nos carros, mas informarão a eficiência energética nas concerssionárias e os carros serão reavaliados anualmente para manter os dados sempre atualizados quando as montadoras lançam novidades em sua linha de produtos.

O mais legal do artigo da revista AutoEsporte é que eles fazem um comparativo com programas de eficiência energética de outros países. Bom mesmo é ver que no Japão, EUA e China o negócio é obrigatório e que as métricas mudam de país para país. Aqui bem que poderia ser assim. Mais ainda, seria legal ver que os carros fiquem mais econômicos como aconteceu com geladeiras e ventiladores de teto.




Artigo Anterior

Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: