Formula 1 2010 será tão diferente que eu nem sei…




Ano que vem a Formula 1 volta sem carros voando em Março numa maratona de 19 etapas. Aliás, o calendário oficial ainda não foi conformado, mas acredito que não será muito diferente do calendário provisório que já está disponível na internet. Digo que não voltam voando, por que com o fim do reabastecimento nos boxes durante a prova, o peso dos carros será radicalmente diferente, muito mais pesado. Felipe Massa já anunciou que o carro é bem mais largo do que o modelo deste ano.

Entre as novidades é a volta do grande prêmio do Canadá, uma etapa na Coréia do Sul e o fim da temporada em Interlagos. Pelo menos estes são os destaques. Ah sim, tem ainda o grande prêmio do Reino Unido em Donnigton Park.

Se hoje temos 22 carros na pista quando as luzes vermelhas se apagam, no ano que vem teremos mais 6, pois 3 equipes entraram no grid. São elas a Campos, Manor e a Team US, todas com motores da Cosworth. A grande dúvida é ainda em relação a Sauber, que não terá motores da BMW no ano que vem e ainda é dúvida se vai continuar a disputar corridas.

Mais mudança. Em 2010 acaba o reabastecimento nos boxes e o pneu deixa de ser fornecido pela Bridgestone, que anunciou esta semana que deixa a categoria.

Os pilotos também resolveram que 2010 muda tudo, então rola uma mega dança das cadeiras. Alonso vai pra Ferrari, Rubinho vai pra Williams terá um estreante vindo da GP2 como companheiro de equipe. Aliás, Williams troca o motor Toyota por Cosworth e isto me faz pensar se não seria melhor que o Barrichello fosse para a McLaren.

O destino da Toyota será definido em 8 de novembro, mas se eles decidirem ficar, espero que Kobayashi tenha seu lugar garantido. Já na Mc Laren, Hamilton fica, mas Kovalainen deve deixar a escuderia. Kimi Raikonen deve ficar de pé no final da dança das cadeiras. Isto se ele não conseguir voltar para a McLaren. Creio que ele pode passar seu tempo agora no mundo do Rally. Kubica vai pra Renault e creio que são estas as mudanças. Poucas, como dá pra ver.

ATUALIZADO: Globo Esporte confirma que a Toyota deixa a categoria. Lá se vai minha esperança de ver o Kobayashi na F1.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: