Ganhando dinheiro com blogs




Então na segunda semana da blogosfera um dos temas mais importantes foi o da ‘monetização‘. Odeio este termo tem origem na palavra por que parece vir de money. (entenda a minha cegueira no artigo do cardoso). O termo deveria ser ‘dinheirizar’ ou algo parecido, mas preconceitos com o termo de lado, o importante é o assunto. Ganhar dinheiro com o blog é o que todo ProBlogger deseja.

Lendo o digg ontem à noite vi um ótimo artigo na CNN.Money sobre um dos blogs mais interessantes dos últimos tempos. O TechCrunch. O site fala de startups e é ponto de encontro para saber as novidades de WEB 2.0 e o que novas empresas estão tramando. Sem falar que o site é o canal para o ‘vazamento oficial’ de informações para o mercado. Sabe aquela história de “Olha só que grande barato estamos fazendo, mas não diz que fui eu que falei! ;-)”.

O artigo fala várias coisas interessantes. Uma delas é o TechCrunch, como já falei e o sucesso que ele se tornou. Somente este ano o faturamento com anuncios foi multiplicado por 10. Atualmente está na casa dos 60 mil dolares/mês. As outras coisas interessantes falam de blogs como o boing boing que é mantido por 4 caboclos e fatura anualmente algo em torno de 1 milhão de dólares e o FARK que também está nesta linha de faturar o milhão sendo mantidopenas pelo Drew.

Mas o melhor não é isto. O melhor é o paragrafo que eu reproduzo aqui:

At the same time, advertisers – shunning old-line media in favor of the Web – are discovering the unique power of blogs. Blogs have become our guides to a content-saturated world. As such, their recommendations are highly valued by readers – which naturally has made advertisers take notice.

É exatamente isto que o bernabauer.com é. É um guia com as melhores informações de tecnologia. E melhor do que isso. Em português. O mundo hoje em dia é saturado de informações. O Digg.com dava para acompanhar numa boa. Hoje em dia, passam mais de 200 noticias em menos de uma semana pela página principal. O bernabauer.com é uma compilação do que existe de melhor neste sites, claro, com alguma pitada que eu sempre coloco, seja ela boa ou ruim. Hum… esse aqui falta um pouco de sal.

MAS MAIS DO QUE ISSO! O melhor é ver que apenas 1/3 dos anúncios vendidos hoje em blogs são vendidos com o chamado ‘preço cheio’. 2/3 estão abaixo do preço de tabela. Ou seja, espaço para crescimento. Espere só até esta onda pegar o Brasil de jeito. Para isso, precisamos fazer blogs bons, com conteúdo de qualidade e criar respeito e referencias. Fazer isso até parece fácil, não? Quem gosta deste tipo de artigo é o cardoso, como você pode ver neste artigo. Espero que ele aborde o tema.




Artigo Anterior

Leia Também


Deixe um comentário

6 Comentários

  1. Muito bom os comentários, também li ontem à noite o artigo da CCn e achei muito interessante o fato de mostrar números. 60 mil dólares por mês é muito dinheiro (e olha que nem é o blog mais lucrativo, como citado no próprio texto), claro que dificilmente vamos conseguir chegar à um número tão expressivo aqui no Brasil (quem sabe um dia). Estou tentando imaginar formas de ganhar dinheiro com isso (no meu caso o produto seria mais focado, como no caso do meu site sobre eletromédicos, ao invés de notícias gerais) mas acho que textos desse tipo mostram que existe, sim, essa possibilidade.

    Responder
  2. 60k é $$ pacas, mas você viu quantos usuários visitam o site? 1,5 milhão! São 4 centavos por pessoa. Não parece assim tão surpreendente, não?

    Responder
  3. SIm, a média é boa, mas não creio que seja tudo por visita né…uma coisa que eu achei interessante, e que já estava pensando em fazer, é vender mesmo anúncio no site. Até pensei em formas de como vender, por exemplo, uma opção seria oferecer mesmo o espaçõ de notícias para anunciar produtos, mas isso iria criar um auê na comunidade, a meu ver, por achar que os posts seriam direcionado. Naum, sei, estou tentando fazer um brainstorming aqui. Claro, de novo, para um blog direcionado, não geral .

    Responder
  4. Acho muito dificil negociar assim individualmente. O poder de barganha é muito pequeno.

    Agora sobre o patrocinio direcionar o conteúdo do blog. Isso é um medo do visitante. Talvez a venda de anuncios possa ser para lojas e não para fabricantes. Assim não fica ruim. que tal?

    Responder
  5. O visitante frequente, que conhece a linha editorial do blog, sabe se os artigos são orientados ou não, conhece as opiniões do site. Um bom exemplo foi a enxurrada de comentários positivos sobre o Windows Live Writer, estava claro a posição dos autores. “não sou fã da Microsoft mas…” isso não é matéria paga.

    Já o visitante eventual não se preocupa com isso.

    Não vejo problema na publicidade direta do produto, isso só não pode afetar a opinião do AUTOR do texto.

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: