Google Body Browser




Santo cristo. Quantos navegadores a Google vai criar? Tem Google Earth, Google Moon, Google Mars e agora, Google Body Browser. É isto mesmo, você pode agora navegar pelo corpo humano.

Como não poderia deixar de ser, alguma novidade tecnológica está por trás. Ao invés de criar um novo cliente que precisa ser compilada para cada um dos sistemas operacionais existentes, o novo produto só precisa de um navegador compatível com WebGL. É assim simples mesmo. Nada de precisar instalar alguma coisa peluda e pesada. Atualmente o Google Chrome beta tem este suporte nativamente. O Firefox 4.0 beta também tem este suporte. O Safari também pode ser usado, mas todos precisam de um comando obscuro para habilitar o webGL.

O navegador do corpo humano é um produto sob a bandeira labs, o que quer dizer que ele está longe de estar pronto, é algo legal, mas a Google ainda não sabe muito bem como ganhar dinheiro com ele.

Como o Body Browser, dá para ver todas as “camadas” do corpo e ir mostrando sistema nervoso, órgãos, ossos e outras partes relevantes para um digno passeio pelo seu próprio corpo. O grande barato desta novidade é realmente a não necessidade de se usar JAVA, Flash ou qualquer outro sistema complementar ao navegador.

Via Google Operating System.




Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: