Google Buzz: GMail agora é miguxo de maneira nativa




Google Buzz foi o que a Google anunciou ontem. Eu não tive o tempo necessário para realizar uma avaliação completa e durante o dia ontem consegui apenas ver alguns tweets a respeito. Porém a impressão que tive é que a Google resolveu fazer alguma coisa com o Google Wave, que pra mim, apesar de ser uma grande ferramenta, não emplacou. O Buzz, é algo aparentemente fenomenal.

Pra começar não precisa de convite, segundo, não requer configuração e para coroar, se integra muito bem ao mais popular dos “produtos”, o GMail. O Buzz promete se integrar aos principais sites sociais como o Twitter, Picasa, flickr e Google Reader. É bem capaz de outros sites mais “sociais” sejam incluídos no suporte.

Eu confesso que não achei o novo Buzz, muito interessante, mas apesar disto, tentei agora a pouco fazer o famoso teste. Então disparei meu navegador para o endereço buzz.google.com. Cliquei no botão apenas para descobrir que eles estão distribuindo o novo recurso aos poucos e para mim, obviamente, não está liberado ainda.

O que achei muito legal é que a Google não esqueceu que muita gente utiliza seus produtos agora a partir de dispositivos móveis e o novo buzz já pode ser utilizado no Nexus One e no iPhone também. Se você tiver alguma dúvida de como utiliza pode conferir aqui. Já adiantando, o Android 2.0 e iPhone OS são os dois únicos sistemas operacionais de espertofones que suportam todos os recursos que o Buzz tem. O Windows Mobile, Symbian e Blackberry tem apenas um funcionalidade suportada e outras em desenvolvimento, mas estão milhas atrás do Android e iPhone OS.

Para detalhes mais profundos (sem trocadilhos) dispere para o Gizmodo Brasil e MacMagazine.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: