Hyundai i30: É quase tudo verdade




Depois da decepção foi a primeira visita à Hyundai, ontem eu voltei na revenda, só por que na terça feira passada eu passei na frente da loja e notei que já estavam lá 4 carros na “vitrine”. Logo pensei “legal! os carros começaram a chegar!”. Liguei para o vendedor que me atendeu e já agendei para o dia seguinte (ontem quarta-feira) minha visita para fazer o test-drive.

Ontem cheguei atrasado na loja, mas consegui fazer o test-drive. Talvez tenha sido o primeiro test-drive do Rio de Janeiro do i30, por que certamente foi o primeiro test-drive da loja. Peguei o carro, paramos no posto de gasolina ao lado e saímos para um volta de quase 2 km.

Pra começar, a primeira coisa que avaliei foi o rádio do carro. Levei meu iPod de baixo do braço e espetei na tomadinha que o carro tem no console central. Assim que você espeta, aparece um logotipo da Hyundai no iPod e no rádio aparece o nome da música e do álbum. Dá pra trocar de álbum somente no rádio, mas de música dá pra trocar no volante. O controle de Repeat e Random, só existem no rádio também, aliás, bem discretos e se você não prestar atenção, vai acabar achando que não existem. O Som que saem das caixas são fenomenais e durante o test-drive fui escutando Lou Reed.

Se você quiser ver como funciona, achei este vídeo na internet que ajuda a entender como é fácil.

Como o carro era automático, idêntico ao que a Quatro Rodas, o câmbio parece fazer o motor ser menos potente do que seus números indicam. Porém sua troca de marchas é bem suave e o andar silencioso.

O que eu não gostei foi a traseira do carro. A visibilidade é limitada e as grande colunas C prejudicam um pouco. O que eu recomendo é colocar um sensor de estacionamento, por que o vidro traseiro além de ser pequeno, é alto, então não dá para ver nada atrás do carro.

A direção é ótima! Com o carro parado a direção é muito leve e é ótima para fazer manobras. Tudo graças a assistência elétrica. Segundo a planilha de características técnicas, todos os modelos tem ABS com EBD e controle de estabilidade ESP com TCS, mas isto pode estar errado, já que a mesma planilha informa que o retrovisor rebatível eletricamente não vem em nenhum modelo e ele está presente em todos.

Se quiser ver alguns vídeos do i30, separei dois. Um do Auto Esporte e outro da Quatro Rodas.

Existem 3 modelos que estão nas lojas. GZ19 (só automático), que é o topo de linha, GZ20 que é o intermediario (e terá opção de câmbio manual) e o GZ63 (também com opção de câmbio manual).

O motor de todos estes modelos é 2.0 com 143 cv @ 6000 rpm. O torque máximo é 19 kgfm @ 4500 rpm. O tanque tem 53 litros. Tomara que o consumo dele seja baixo ou pelo menos por volta de 12 km/l. Como o computador de bordo é no padrão europeu, o indicador precisa ficar em torno de 8,3 l / 100 km para fazer os 12 km/l que eu quero. Se não acredita na conta, basta ver que o google saber converter bem isto.




Leia Também


Deixe um comentário

8 Comentários

  1. Marcelo

     /  05/07/2009

    Nenhuma das versões tem ESP. ( i30 )

    Responder
  2. Fernando

     /  29/10/2009

    Comprei um Top, vem com ABS, EBD e ECS sim, acende no painel o controle do ECS inclusive, o problema é que tiraram os botões de opção para desliga-lo do painel do carro, o que faz com que os que apenas veem o carro na concessionária achem que ele não tem o equipamento. Tem 8 airbgs, etc, e todo o resto de positivo bate, o carro é tudo de bom. Tinha um New Civic e gostei mais desse. Até mais.

    Responder
  3. ROBERTO

     /  15/01/2010

    amigos , peguei meu I30 a cerca de 1 mes, o carro é maravilhosoooooooo!!!!!!
    tudo de bom, bate dde 10 a 0 nos concorrentes, sem contar aquelas maravilhosas rodas aro 17″
    segui as orientações do manual ao pé da letra, não passar de 90km por hora nos primeiros 1000 km
    amigo o carro agora ta voando baixo!!!!!!!!

    EU RECOMENDO

    Responder
  4. fernando

     /  14/05/2010

    Você não tem dinheiro nem carisma para pegar um carro desse…
    Deixe de ser invejoso e apagado.

    Responder
  5. Rodrigo Montemezzo

     /  21/02/2011

    Tô achando que você escreveu esse artigo bem mais técnico e cheio de detalhes sem fundamento só pq a hyundai entrou em contato com você pra desfazer a má impressão do post que você fez. Ficou essa impressão.

    Responder
  6. Kaos

     /  16/08/2011

    Comprei meu i30 2.0 2011/2012 preto cambio manual. O carro é muito bom (comparando com meu ex-Gol 1.6 Power 2009). Espaçoso, muito confortável, interior bem desenhado e com ótimo acabamento. E o som é realmente Muito Bom! Não achei problema na visualização no vidro traseiro. Mas os faróis tem pouco alcançe (algum ajuste?), exceção luz alta.

    Responder
  7. Victor Oliveira

     /  07/07/2014

    Me tira uma dúvidas aí camarada:

    Como fica a questão de reposição de peças desse carro? Ouvi falar que são caríssimas, tipo uma palheta por 200 reais… enfim, gostaria de saber sobre isso.

    Outra coisa: preço do seguro. Muito caro?

    Obrigado

    Responder
  8. Daniel

     /  22/05/2015

    O Hyndai I30, um carro com menos de 100mil KM dando graves problemas no cambio automático. Todas as pessoas falando que teve problemas e ainda estavam na garantia. Imagina o que acontecerá após a garantia de 5 anos? O proprietário que ainda não teve o grave problema com certeza terá e isso custará aproximadamente 8 mil reais conforme o histórico. A Hyundai deveria ter feito o recall para não afetar os seus clientes.
    Quer comprovar? Digitem no GOOGLE: I30 com problemas no cambio automático.

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: