iPod video: minha avaliação (parte 3)




Vídeo
O grande barato deste iPod que nasceu em 12 de outubro de 2005 é a capacidade de tocar vídeo. Não se iluda. Ele não toca nada que não seja intimo dele. Ou seja, nada de colocar XvID. Só rola MP4, não tentei porém colocar um dos novos DiVX que são uma variante de mp4. Mas o que ele entende ele toca bem. O formato nativo de vídeo para o iPod é 320×240, mas diz aí que é possível tocar em 480×480 também. Não consegui porém um encoder para gerar um arquivo de vídeo nesta resolução.

Aí você me pergunta: “Ô pastel! Tá achando que eu vou ver filme no iPod nesta telinha minúscula? Eu vou ver na telona do micro ou da TV da sala!!” Ok, verdade, mas o que você pode fazer é gastar 30 pituribas brasileñas e comprar um cabo para ligar o iPod à TV. Sim! Sim! o iPod video tem saída video composto e audio estereo. Porta especial? Que nada! vai pela saída do headfone. O cabo porém tem uma pegadinha, que já falei aqui.

A qualidade na TV do vídeo até que não é ruim. Parece TV aberta de qualidade média. Para o video sair para a TV você precisa configurar o iPod para habilitar a saída de vídeo. Você pode fazer assim. Deixar sempre habilitado ou perguntar toda a vez que for tocar um vídeo. Quando a saída está configurada para mostrar o video na TV, a tela do iPod mostra só informações sobre o nome do arquivo e a posição atual do video. E respondendo a sua pergunta, não, o iPod não mostra os menus na tela da TV, só o video.

Aliás, quando você aumenta o som ou quer fazer um seek no vídeo, estas informações aparecem no vídeo. Assim como a indicação de play e pause. E entre você dar o comando de tocar o vídeo e ele realmente começar a ser exibido demora uns 5 segundos e neste meio tempo dá para sentir o disco interno vibrando.

Uma característica legal do iPod é que se você começar a tocar um vídeo e dar pause nele, desligar o dito e querer voltar a assistí-lo, ele armazena o ponto no qual você estava e continua dali. Como em um DVD. Demora porém o tempo padrão (uns 5 segundos) entre ligar e tocar.

Semana que vem a conclusão da série com considerações finais, bateria, arranhões e o que ficou faltando.




Artigo Anterior
Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Dea

     /  04/02/2006

    *faltando.

    Responder
  2. fixed ❗

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: