LEDs dominarão o mundo da iluminação




No final de setembro estive em Buenos Aires de passagem para um evento numa cidade argentina perto dos Andes. Nesta passagem tive a oportunidade de passar uma noite na capital portenha e portanto, pude dar uma batida de pernas nos arredores do hotel.

Muitas coisas me chamaram a atenção na minha primeira visita à Argentina depois de quase 30 anos. Uma delas foi o frio, mas mais importante foi o fato de uma pequena rua de pedestres paralela a 9 de julho, quase perto do porto, de nome “Florida” tinha em sua extensão apenas luzes de LED para fazer o papel de iluminação pública. 

Achei o fato altamente louvável, mas não sem precedentes. Aqui no Rio de Janeiro, alguns empreendimentos já utilizam LEDs para iluminação. O parque que separa o Shopping Metropolitano Barra da Avenida Abelardo Bueno, por exemplo, já tem iluminação do passeio feito por LEDs. Alguns túneis na cidade de São Paulo idem.

NewImage

Voltando a Buenos Aires, a cidade entrou nas manchetes de jornais como sendo a primeira cidade da América Latina a adotar LEDs para iluminação pública de maneira massificada, entrando para um grupo seleto de cidades como Londres e Berlim. 

A empresa que venceu a licitação para fornecer os LEDs é a Phillips, que é pioneira e grande nome do mercado de iluminação. Acontece que a notícia não é apenas da troca da iluminação que irá garantir uma economia de 50% no consumo de eletricidade, mas sim que a ação garante um upgrade na forma de iluminar a cidade. Serão quase 100 mil pontos de luz que serão trocados para LEDs, o que representa 70% de todos os pontos de luz da cidade e a Phillips também implantará a plataforma de gestão de iluminação Philips CityTouch

Esta plataforma o controle dinâmico e adaptativo de iluminação além de um fluxo de trabalho para realizar manutenção, controle de inventário e troca de LEDs defeituosos. 

NewImage

Via Folha.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: