Migrando para a Media Temple




A migração para a Media Temple não é assim, como diria, indolor. Apesar de ter um servidor virtual só pra mim, me vi forçado a meter a mão numa lama tecnológica que eu não queria meter. Eu queria uma hospedagem na qual eu não precisasse me preocupar com anda, apenas com a geração de conteúdo. De certa maneira eu tinha isto na Dreamhost. Não era perfeito, mas funcionava bem.

Na Media Temple, tenho o controle sobre tudo, mas requer que eu tenho um conhecimento que eu não quero ter. É super divertido dar um boot no servidor, só por que você tem o poder de fazê-lo, mas será que é realmente necessário que eu tenha este poder? Apesar de estar bem na Media Temple, tem coisas que eu não gostei.

Por exemplo, eu tive problemas para publicar imagens nos artigos. Não que o servidor não tem espaço ou suporte para tal, é que as permissões das pastas estavam diferentes do que eu tinha na Dreamhost. O serviço do Apache roda sob um usuário que não tinha permissão para ver as imagens. Chato, tive que acertar.

Mandei a foto novamente e novo erro. O PHP vem configurado por padrão com o limite de 2 MB para upload de arquivos. Tive que mudar também.

Sem falar que eu preciso descobrir o que são “kmemsize”, “othersockbuf” e “tcpsndbuf”, pois estas coisas, parametros ou demônios tecnológicos enviados pelo belzebú internético vivem entrando no nível “black”. É sério. A MT chama de nível “black” quando seu valor está perto do limite.

Aliás, o suporte da Media Temple me deixou puto. O cara virou no email e disse: vá no Google e procure por “othersockbuf virtuozzo”. Não fode! Custava dizer que isto é possivelmente a quantidade de conexões ao banco? Pô…

Enfim, todos os problemas foram resolvidos quando escrevi este artigo, mas me vi forçado a dormir quase às duas da manhã resolvendo e fazendo testes. Durante as altas horas da noite as páginas de David Seah sobre monitoração e configuração me deram o conhecimento necessário. Além de uma página da base de conhecimento da Media Temple sobre otimização de servidores virtuais.

A única coisa que não resolvi foi o “othersockbuf” que tem um comportamento bizarro. Ele oscila entre 6 mil e um milhão e meio. O que será que pode ser?





Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. O maior erro que eu já cometi com blogs :: Tecnologia fácil, fácil by bernabauer

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: