Monetização de blogs no Brasil




Realmente não é fácil monetizar blogs no Brasil. Existem algumas opções como Adsense, UOL Afiliados, Hotwords, BuscaPé, Submarino e Mercado Livre. Porém nem sempre eles pagam bem.

O Adsense vem na liderança pagando em dolar e em termos de valor do clique o UOL vem correndo por fora pagando na média 20 centavos por clique, sendo que em alguns casos o clique ultrapassa os dois reais. São raros, mas eles existem. Já vi dois destes.

Seguindo estes dois tesmo: Buscapé que paga 10 centavos pelos segundo clique, Hotwords que paga 8 centavos pelo primeiro clique, submarino que paga até 8% de comissão de vendas realizadas a partir de um clique no seu blog e o Mercado Livre que paga 30% da comissão que eles cobram de vendas, o que pode ser algo próximo de 3% do valor da venda.

Insatisfeitos com as opções acima, muitos tentam programas de monetização no exterior. Um deles é o FAN do FeedBurner. Porém o sistema está todo me inglês e não tem anunciantes interessados no mercado brasileiro e também não tem anunciantes brasileiros. Tudo depende de acordos que o feedburner precisa fazer com agencias de publicidade nacionais.

Erico Olson conversou com Manoel Netto do Tecnocracia e o resultado da conversa você pode ver aqui. Ainda há esperança.




Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Fala Bernardo,

    O Olson falou sobre isso seu blog pessoal [1] e também no blog oficial do FeedBurner [2] essa semana. Acho um bom sinal eles estarem tocando no assunto, tornando público e se preocupando em atender nossos e-mails e responder nossos questionamentos. Não há o que se negar que o Brasil é um mercado enorme e quem estiver fora dele está perdendo dinheiro. Brasileiro também é um consumidor fácil de publicidade (não sei exatamente por que, mas brasileiro gosta de propaganda).

    Agora é torcer, fazer nossa parte divulgando, contribuindo com as traduções e cobrar dos caras 😉

    Abraço e valeu a menção.

    [1] http://www.ericjohnolson.com/blog/2007/04/19/where-in-the-world-is-feedburner/
    [2] http://blogs.feedburner.com/feedburner/archives/2007/04/the_universal_language_of_feed_1.php

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: