Motorola i1: O Nextel com Android




A Nextel é um caso bastante peculiar de operadora que vive num mundo onde as regras são ligeiramente diferentes. Pra começar enquanto as operadoras de celular tem transmissão digital, a Nextel, que opera sob outra licença, tem sua transmissão analógica. Sua cobertura restrita e a maneira de cobrar é diferente das operadoras de telefonia celular. Por usar um sistema diferente da VIVO, TIM, Oi e Claro, os seus aparelhos também são diferentes.

Eu nunca gostei de Nextel e acho que nunca vou gostar, apesar de reconhecer o quão prático uma rádio chamada é e quanto se pode economizar com uma aparelho como este. Acontece que este tipo de tecnologia está parada no tempo. O mundo hoje em dia pede dados e a rede de dados da Nextel é uma piada de muito mal gosto. Quando funciona é lenta e impede boa parte do grande barato de ter um espertofone.

Aliás, por ser uma rede proprietária, a Nextel só tem aparelhos da Motorola. Eu nunca vi rádios de outra marca e espertofones são poucos e ruins. Ah sim, esqueci. A RIM, que faz o Blackberry também fez um ou outro aparelho para a rede iDen. A Motorola fez no passado o i930 com Windows Mobile, mas cá entre nós, ele era mais um tijolo caro do que um espertofone. Ainda que o Blackberry seja um sucesso para os executivos de bancos, acho que eles fazem um aparelho ruim.

Como nunca vai existir um iPhone com PTT para rede Nextel, o melhor que pode acontecer é um espertofone com PTT movido por Android. Era questão de tempo e ele foi lançado este ano e chega agora no segundo semestre ao Brasil.

Será que agora finalmente vai rolar um bom espertofone para a rede da Nextel? Talvez. A rede de dados continuará a mesma tartaruga, então, nada de ter grandes esperanças de navegar na internet como todo mundo faz em seus espertofones de verdade.

A Motorola pode ter acertado em adotar o Android ao invés do Windows Mobile, mas escolheu a versão errada. Adotar o 1.5 é um erro. Já existe a versão 2.2 e o que pode acontecer é o mesmo que aconteceu com o Motorola Dext. Baratinho e ordinário. O principal problema do Motorola Dext é seu processador fraco. O i1 com Android tem processador ligeiramente melhor, mas só vai dar para perceber se é bom ou não quando eu colocar minhas mãos num. Isto deve acontecer até setembro.

Pelo vídeo abaixo dá para achar que o problema que ocorre com o Dext não existe, então dá para ter esperanças.

Mas o que tem no i1?

  • Tela de 3.1″ e resolução HVGA (640×240) sensível ao toque
  • Processador de 600 MHz
  • Camera de 5MP com Flash de LED
  • WIFI 802.11b/g
  • aGPS
  • slot microSD de até 32GB
  • Fone de ouvido de 2.5mm (ruim)
  • Android 1.5
  • 16GB de memória interna
  • Bluetooth

Veja mais sobre o aparelho aqui.




Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Daniel Soares

     /  30/08/2010

    Tenho 2 amigos com esse aparelho, ele é extremamente lento mas com uma boa câmera, apesar de gerar imagens um pouco “lavadas”.

    Quanto a navegação na internet, não é tão sofrível devido ao OperaMini comprimir as páginas, dá pra navegar. Ele chega ser até mais rápido que meu meu BlackBerry Bold 9000 em 3G.

    Eu não compraria, apesar de ser cliente Nextel, prefiro ainda usar 2 aparelhos, um Nextel simples e um SmartPhone de verdade (se bem que eu o meu já é bem velhinho :P)

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: