Mudando a biblioteca do iTunes usando o Time Capsule




Existem mil e uma maneiras de preparar Neston e para mover sua biblioteca de músicas do iTunes para um novo computador também tem número parecido. Mas por que mover a biblioteca para um novo computador? Bom, diversos motivos. Se você precisar fazer isto, acho que a melhor maneira de fazer isto é utilizando um HD externo.

Antes de mais nada, deixe-me explicar por que mover é importante. Afinal, você poderia simplesmente importar as músicas no novo computador. Acontece que se você for por este caminho vai perder todos seus metadados. Pelo menos é o que me falaram. Sabe aquele lance de histórico de quando a música foi tocada pela última vez, quantas vezes foi tocada e até o review em estrelas? Pois é. Se você importar só as músicas, corre o risco de perder, mas se importar a biblioteca, nada se perde. Eu não queria descobrir e na migração para o novo computador, resolvi aplicar a mais simples das maneiras de movimentar minha biblioteca.

No computador antigo, movi a biblioteca para um disco externo. Pode ser um HD USB ou uma área na rede como um NAS ou o Time Capsule. Pode ser até uma área compartilhada em outro computador. O importante é que o caminho relativo de acesso nas duas máquinas seja exatamente o mesmo. No caso do Time Capsule usando OS X o caminho da maquina origem para as músicas pode ser algo como “/Volumes/MeuTimeCapsule/Musicas” e no destino terá que ser o mesmo caminho.

As suas músicas podem estar em “/Users/SeuLogin/Music”, por isto, vá no iTunes e mude para a sua área na rede ou no Time Capsule. Garanta primeiro que você configurou o iTunes para manter suas músicas organizadas. Para isto, veja se na aba “Advanced” está com as duas opções “Keep iTunes Media folder organized” e “Copy files to iTunes Media folder when adding to library”. Estas duas opções habilitadas vão garantir que as músicas estarão onde você determinou. Assim que você configurar o caminho para o Time Capsule, mande organizar ou consolidar a biblioteca. Isto vai fazer o movimento do seu computador para a área de rede. Você precisa, claro, garantir que o destino aguenta o peso das suas músicas. Deixo claro que o iTunes não movimenta os arquivos, copia! Atenção!

Feito isto, o iTunes copiou todas as músicas para o novo destino. Copie os arquivos ITL, XML que formam a biblioteca. Existem mais dois arquivos que você pode querer levar e uma pasta, mas é bônus. A pasta em questão é “Album Artwork” que tem as capas dos álbuns. Já os outros dois arquivos são o “iTunes Library Extras.itdb” e “iTunes Library Genius.itdb”. Copie estes arquivos para a pasta do iTunes no novo computador.

No novo computador, garanta que as músicas estão na área compartilhada que você criou e para qual você movimentou suas músicas no computador antigo. Importante que o caminho seja exatamente o mesmo. Na minha primeira tentativa eu errei e perdi meu tempo por que eu tinha duas áreas mapeadas com o mesmo nome e com isto o OS X chamou a primeira de “/Volumes/Musicas” e a segunda, onde estavam as músicas em si de “/Volumes/Musicas-1”. Eu achava que o caminho era o mesmo olhando pelo Finder, mas ao ver pelo Terminal, vi que o mapeamento estava diferente e o iTunes não enxergava minhas músicas e vídeos.

Quando for abrir o iTunes, uma dica importante. Não abra ele diretamente. Você precisa apertar uma tecla para informar ao iTunes que ele não vai abrir a biblioteca padrão, mas sim a biblioteca que você especificar. No Windows você deve apertar “Shift” enquanto aciona o iTunes, no Mac, aperte “Option”. Você ser apresentado com duas opções. Criar uma biblioteca nova ou escolher uma já existentes. Este último é o nosso caso.

Se o iTunes abrir sem problemas, e suas músicas estiverem lá e funcionando, vitória. O último passo é você modificar novamente o local onde as músicas deveriam estar. Aponte agora para a pasta local no seu computador. Com isto você conclui a migração. Não esqueça de depois certificar que todas as músicas estão em seus devidos lugares e apagar as cópias temporárias.

Esta migração leva as músicas, Apps e demais conteúdos que você tem dentro do iTunes. Podcasts fazem parte desta lista, ok?

Para migrar sua biblioteca do Windows para o Mac e vice versa, também dá para fazer, veja dicas aqui. Se você não se importa em gastar dinheiro, pode comprar um software para ajudar na migração.

Veja mais aqui.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: