Nexus 7, o tablet da Google




Eu não gosto mais da Google. Acho que ela se perdeu e está perdida em estratégia. No começo dos tempos era legal um desafiador novo no mercado, contudo, sua arrogância em achar que sabe mais o que é melhor para todo mundo a tornou um grande gigante a ser combatido assim como a Microsoft foi nos anos 90. 

Às vezes ela é “evil”, às vezes não é, mas vamos deixar isto pra lá. A Google comprou uma empresa que fazia sistema operacional para smartphones baseados em Linux. Assim surgiu o Android. Grátis para qualquer empresa usar, o Android veio para desafiar o Symbian e Windows Mobile, que eram, até onde eu lembro os únicos sistemas operacionais licenciados para serem usados por qualquer fabricante. O iOS é exclusivo da Apple e o WebOS, era da Palm, comprado pela HP, que poderia ter feito um ótimo produto nas mãos para entrar no mercado, mas erros de estratégia o colocaram na prateleira da história e agora ele faz parte do passado.

Pode se dizer que o Android também é um desafiante para o Windows Phone, que agora voltou copiando as estratégias da Apple, mas como veio muito atrasado a disputa, seu único trunfo virá graças à carona do Windows de computadores. Windows 8 pode mudar tudo para o Windows Phone. Novamente, vamos deixar isto pra lá.

Eu também não gosto do Android. Acho confuso e pouco amigável. Como tudo que é baseado em Linux, ele foi feito para vencer desafios técnicos e não recebeu um tratamento de UX. É discutível, eu sei, mas vamos deixar isto pra lá mais uma vez. O pior do Android não ele ser um sistema operacionais de Nerds, o problema é o modelo pelo qual a Google liberou o seu uso. Cada fabricante é capaz de fazer suas personalizações e com isto, é responsável por realizar a liberação de atualizações. Isto fez com que o Android se fragmentasse. Coisas que foram feitas para uma versão de Android de um fabricante podem não funcionar em outro Android de mesma versão em dispositivo de outro fabricante. Isto é um desastre. 

No ano passado a Motorola foi comprada pela Google. Qualquer um passaria a achar que a Google passaria a vender equipamentos de telefonia e tablets através da Motorola, mas nada disto. Pelo menos ainda. A Google flerta com equipamentos próprios desde 2010, quando surgiu o Nexus One, feito em parceria com a HTC. Logo depois veio o Nexus S, que agora foi feito em parceria com a Samsung. Ainda com a Samsung veio o Galaxy Nexus. Agora, com o terceiro fabricante vem o Nexus 7, na parceria com a Asus.

Imitando o Galaxy Tab, que criou um novo tamanho de table, o Nexus 7 é um tablet com Android estado da arte e tamanho intermediário. Pra mim, os tablets com este tamanho de tela são os ultra-tablets ou sub-tablets. O novo tamanho está dominado, mas o que eu não entendo é por que a Google lançou um tablet em parceria com outro fabricante ao invés de utilizar a Motorola. Talvez o Nexus 7 já estivesse no forno com a Asus antes da compra da Motorola e quem sabe no ano que vem, um produto novo venha através da Motorola?

NewImage

Vamos finalmente ao Nexus 7. Ele é incrivelmente barato: 199 dólares. Como todo tablet de 7 polegadas ele parece realmente um telefone grande demais, mas ele é um tablet (ou um daqueles nomes que eu falei lá em cima). Na sua traseira um material que não deixa o tablet escorregar de sua mão e na frente uma tela com tratamento oleofóbico. Seu processador é poderoso com 1.3GHz e quatro núcleos Tegra 3. Sua tela tem 1280×800 de resolução com 216 ppi. Seu peso é de 340g e a maior decepção é a memória interna, que é limitada à 8 ou 16 GB. Este problema é conseqüência do valor baixo. A bateria é de 4300 mAh que garante um dia inteiro de uso sem restrições. 

Nexus 7 só tem WIFI, nada de versão 3G, mas dado que ele é um segundo dispositivo que você vai carregar por ai, nada mais natural do que habilitar o Personal Hostpot no smartphone para navegar no 3G através dele. Completam as características técnicas, NFC, GPS, acelerometro, magnetometro, giroscópio e microfone para video conferencias. Câmera ele também tem, dá pra ver na foto e ela tem 1.2MP. Quer mais uma? Não tem. Esta é a única câmera que está disponível para você usar. Cá entre nós, faz sentido ter só uma. Eu não uso a câmera traseira do iPad. Nunca tirei uma foto com o iPad, mas já usei muito a câmera frontal para video conferencia.

Da avaliações que eu li até agora deu para notar que o Nexus 7 não inova, mas impressiona pela faixa de preço na qual ele se encaixou. Ele é uma alternativa ao iPad? Não. Ele está em outra categoria, contudo, ele parece ser uma ótima alternativa ao Kindle Fire e ao Galaxy Tab. Seu maior problema é a baixa capacidade de memória. Seu processador parece ser seu maior diferencial, deixando seu uso bastante ágil e sem lag. Pelo preço, vejo que muita gente vai deixar de comprar o iPad para comprar este cara. Só por que ele é mais barato.

Veja mais aqui e aqui.




Leia Também


Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Rodrigo Salfer

     /  05/07/2012

    Eu tambem pensava assim sobre o Android, até comprar o Galaxy S3. Sem duvida o S3 é o melhor celular que eu já tive, incrivelmente rápido e fluido, e ficará ainda mais rapido quando receber Android 4.1 final do ano. Realmente a experiencia de uso do Android em celulares que não são Quad core é muito ruim se comparada com o iPhone, porem agora com processadores Quad Core isso mudou e com Android 4.1 até os Dual Cores irão ter uma performance fluida. Temos que ver que até a versão 4.0 o android não tinha um desempenho satsfatório mas agora na versão 4.1 ele chegou lá, e esta cada dia melhor. Acredito que com o tempo ele conseguira passar o iOS que apresenta cada vez menos novidades e se limita ao iphone com sua tela pequena e ao ipad que apesar de ser fantastico é limitado. Eu tenho o Novo iPad e adoro ele, mas me irrito em não poder fazer coisas basicas como baixar um torrent, ou baixar um arquivo da web sem recorrer a gambiarras. Para ser uma era pós PC os tablets tem que ser capaz de fazer as principais tarefas que você faz em um computador e download e upload de arquivos pelo navegador é a mais basica das funções. Outro problema da Apple é sua plataforma fechada que tem beneficios mas tambem limita muito o conteudo dispoinivel. Bem mas para concluir o vencedor dessa batalha entre iOS e Android é o Android com já mais de 50% dos Smartphones rodarem android enquanto o iOS beira os 25%. E a medida que o Android inova cada vez mais ele irá se destacar.

    Responder
  2. Rodrigo Salfer

     /  05/07/2012

    Acredito que o Nexus 7 sejá sim um forte concorrente do iPad devido a ser o primeiro Tablet com um incrivel poder Grafico 12nucleos e de Processamento 4 nucleos. Com uma tela de exelente resolução 1280×800 custando U$199 o que dá + ou – R$ 400. Isso mudará tudo pois todos os novos tablets para android terão que ter melhores configurações e melhores preços para poder continuar sendo vendidos. Alem de estimular muito a adoção de tablets Android e que finalmente terão uma ótima experiencia de uso. Ou seja acho que isso irá impactar sim para a Apple e que esse tablet irá sim abocanhar uma parte dos compradores de iPad

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: