Novas regras da F1 para 2010




Após ler o artigo do Globo Esporte sobre o novo esquema de pontos da fórmula 1, resolvi fazer uma pesquisa sobre todas as novas regras confirmadas. Você pode ler na página da FiA ou ver o resumo das questões mais importantes abaixo.

Pontos

A primeira é claro a questão dos pontos. Agora a categoria conta com 26 carros no grid ao invés de 20 como em 2008 e por isto a distribuição de pontos passa a ser como abaixo.

  1. 25 pontos
  2. 20 pontos
  3. 15 pontos
  4. 10 pontos
  5. 8 pontos
  6. 6 pontos
  7. 5 pontos
  8. 3 pontos
  9. 2 pontos
  10. 1 ponto

Classificação

A classificação aos sábado também será ligeiramente diferente. Ao invés de apenas 5 carros serem eliminados entre o Q1 e Q2 passarão a serem 8 carros que vão a knockout. 😉 O Q3 permanece como sempre. 10 carros lutando pela pole position.

Reabastecimento

Reabastecimento está proibido. Com isto os carros voltam ao mundo de 1993. Os carros agora passam a ter cerca de 250 litros no tanque de combustível, contra cerca de 80 litros deste ano. Com o tanque maior o carro será bem diferente. A distância entre eixos será possivelmente maior e o carro mais largo para distribuir melhor o peso extra dos 200 litros de combustível, o que deve ficar na casa dos 100 kg.

O tempo nos boxes sem o reabastecimento deverá ficar na casa dos 4 segundos. Isto trará uma mudança grande na estratégia. Em determinadas corridas equipes poderão fazer mais paradas do que fizeram nos últimos anos.

Pneus

A regra de utilização de dois tipos de pneus continua, porém os pneus dianteiros ficarão mais estreitos. 3 centímetros para ser exato. A Bridgestone ficará responsável pelos pneus de todas as equipes e o composto será diferente, pois terá que aguentar o desgaste maior por conta do peso.

Também não será permitido o uso de calotas que fecham as rodas. Segundo a FiA, isto trará menos problemas na parada nos boxes e também permitirá mais ultrapassagens.

Peso

Além do peso adicional por conta do combustível, a FiA resolveu aumentar o peso mínimo dos carros de 605kg para 620. Esta decisão é para que as equipes possam usar o KERS com pilotos que forem mais pesados e não puderam aproveitar a tecnologia em 2008.




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: