O Oráculo de Delfos do Século 21




Em Abril de 2007 eu adotei o apelido “Oráculo de Delfos” para o buscador Google. Por que? Uma miúda que fez filosofia começou a esplanar sobre o Oráculo de Delfos em algum momento durante o meu dia daquela mês e após algumas pesquisas pela internet, vi que era um apelido perfeito para o Google.

Por que ele é perfeito? Bem, delfos era um recinto do templo de Apolo. No templo, sacerdotisas de Apolo faziam profecias e elas consideradas verdades absolutas. Naturalmente não dá para considerar que todos os resultados de busca do Google sejam verdades incontestáveis, mas boa parte de suas respostas podem ser obtidas a partir de uma boa pesquisa no Google.

Claro que a comparação nos próximos anos pode se afastar ainda mais e ficar apenas na idéia que os dois formam nas nossas cabeças. A Google está caminhando em direção ao futuro e você pode ver o que está por vir no artigo do Google Blog. Nele você vai ver que está por vir no campo da busca.

A expectativa é que nos próximos 10 anos a maneira como buscas são feitas mudarão completamente. Hoje poderia-se fazer muito mais buscas do que se faz. Se a ferramenta de busca estivesse mais acessível, se buscaria mais. MUITO mais.

O primeiro passo para resolver este problema é colocar a ferramenta de busca acessível através do celular. A Yahoo abordou este problema com a solução fácil e simples. O endereço para você experimentar é http://m.yahoo.com, mas se você quiser testar primeiro no computador, você pode ver a demonstração online. A única coisa chata da abordagem da Yahoo é otimizada para a realidade americana. Então não espere encontrar o endereço da Pizzaria Guanabara digitando “pizza leblon” ou o endereço da FNAC mais perto de você, seja lá qual for a cidade que você mora.

Outra boa que eu li no artigo é em relação a buscas. Hoje você inclui palavras chaves para realizar a busca. Não seria muito melhor se a pesquisa fosse feita com linguagem natural? Tipo: “Qual estacionamento mais barato perto do Teatro XYZ?”. Escrever isto seria ótimo, falar então seria divino. Melhor do que isto apenas se eu tivesse uma imagem de alguma coisa e enviasse como parametro de pesquisa. O exemplo do artigo da Google fala de enviar a imagem de um pássaro para saber sua espécie, mas pode ser a foto de um carro, tiquete de algum evento, não é mesmo?

Para músicas, hoje já existe um serviço chamado Shazam. Falta só a Google comprar a empresa ou desenvolver sua própria tecnologia para tal.

Os resultados de busca, hoje, já andam diferentes. Tudo graças à busca universal, onde o resultado da busca está mesclado com mapas, imagens, noticias entre outros serviços da Google. Isto ajuda bastante na determinação do melhor resultado para o que você procura.

Bom o artigo da Google é grande e vale a leitura. Dedique algum tempo e lembre-se de ligar o seu cérebro para a língua da rainha mãe. 😉 Eu mal posso esperar a Google evoluir a sua busca com algumas destas evoluções possíveis.




Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: