O que pode e o que não pode parte 2




O que acontece quando você vê uma falha grave num serviço que você usa? Você avisa pra quem está fornecendo o serviço para que eles façam os ajustes para eliminar a falha, não é mesmo? Foi isso que o Doufer fez. Insatisfeito com o atendimento ele compartilhou a experiência e pediu ajuda para trocar o prestador de serviço.

Depois deste fato, o que acontece? nada. Tempos depois segundo o relato de Doufer, o advogado da hostmidia ameaça o pobre coitado caso ele não tirasse do ar o artigo que ele escreveu. Com isso descobre-se que a hostmidia além de ter um serviço ruim, tem um “adevogado” de meia tigela. Com isso surgiram vários artigos dando apoio ao Doufer. Veja a lista:

Este útlimo artigo é bem legal por que mostra uma trecho da constituição. O que me ajuda no assunto que publiquei ontem sobre o artigo feito no blog.macmagazine. Não é errado relatar uma experiência, mesmo que a experiência seja um crime. OU não, por que o código penal tem um artigo sobre apologia ao crime. Artigo 287. Já o artigo 286 fala de incitar um crime. Não sei se o artigo do Marcelo Ubiali incita ou faz apologia, mas alguns comentários ajudavam. Por sorte o Rafael já acertou o artigo incluindo uma declaração que não vai ajudar a cometer crime. A coisa ali é apenas relatar a experiência, mas que no final comprar um Mac é a melhor coisa!

Voltando ao assunto do Doufer: tem que tomar muito cuidado com o que fala, mesmo sendo verdade, por que o código penal tem um artigo que trata de difamação que é falar mal com a intenção de prejudicar alguém. Ficar de 3 meses a um 1 ano na cadeia por falar mal é meio chato. 😉




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

10 Comentários

  1. Entendo o seu ponto de vista, mas se foi este o meu erro a empresa deveria tomar as ações (jurídicas) necessárias sem me ameaçar.

    Este é o ponto… A empresa poderia ter chegado ao seu objetivo como ainda pode, reservei um espaço no post inicial para réplica e estou aguardando ele ser preenchido.

    Esperar pra ver.

    Abraço!

    Responder
  2. Sim, a empresa esta errada ao tomar a atitude que tomou. Acho muito dificil que ela faça algo para te responder usando o seu espaço.

    É bem provável que ela esteja estudando interpretações da lei para retirar seu artigo do ar. Se não conseguir, vão te ignorar.

    Responder
  3. Por aqui esta semana tambem foi quase parecido:

    http://blog.claudiofranco.net/2006/08/28/azia/

    As (E)empresas têm de acordar para o que é a blogosfera

    Responder
  4. É incrível como as empresinhas não entendem o que é a internet. E pior, não sabem a força da blogosfera e a importância que ela tem.

    Responder
  5. Eles vão aprendendo na marra.
    Ou melhor, vendo o resultado na hora de fazer uma procura pelo nome da empresa deles no Google. :mrgreen:

    Responder
  6. Eu teria feito o mesmo se não tivesse procurado ajuda. Pensei em retirar o post temporariamente pra ganhar tempo e me informar…

    Responder
  7. E não é que não ignoraram? Tudo bem que foi resposta politica, mas responderam. Pra mim tá de bom tamanho.

    Responder
  8. Pra min também, já chega de perda de tempo.

    Abraço!

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: