otimizando os ganhos no adsense




Em março eu me inscrevi no adsense do Google. O primeiro mes foi experiencia. Coloquei os anuncios de forma que eu achava melhor. Distribui pensando no visitante, mas depois do segundo mês vi que o que eu achava não era o correto. Os ganhos do segundo mês foram bons, levando em conta a penca de feriados. No começo de maio, após uma conversa, tive uma idéia e resolvi experimentar. Troquei os anuncios, de lugar e acabei com outros. O resultado foi imediato. Os ganhos aumentaram sensívelmente e agora sei onde estou ganhando mais. Neste artigo vou compartilhar com você esta receita.

Passo 1: Faça os anuncios serem parte do seu site

Não basta apenas colocar os anuncios no seu site, eles precisam ter a mesma diagramação de cores que o resto do seu site. Lembre-se que os anuncios não são somente uma forma de ganhar dinheiro, mas sim uma forma de complementar o conteúdo do seu site. Assim o visitante vê o seu conteúdo e ainda links relevantes relacionados ao seu conteúdo.

Passo 2: Crie os canais para seu controle

Os canais também são chamados de critérios. No inglês eles se chamam channels. Eles são importantes para você separar os anuncios por sua localização. No WordPress por exemplo existem 3 lugares principais onde você pode colocar anuncios. Na página principal (main index), no artigo (quando visualizado individualmente) e na barra lateral (sidebar). Claro que existem outros, mas estes são os meus preferidos e os principais. Se você for colocar anuncios nestes três lugares, recomendo você criar um canal para cada um destes lugares. Outra coisa que eu recomendo é você fazer um canal para cada tipo de anuncio. Separe os anuncios de texto dos banners. Isso é bom apenas para o seu controle de qual tipo de anuncio tem mais cliques. Para saber mais sobre critérios, canais ou channels, veja a página de ajuda do adsense. Assim você sabe qual dos anuncios tem mais retorno.

Passo 3: Acabe com os anuncios irrelevantes

Anuncios irrelevantes são engraçados. Ver uma página sobre carros e ver um anuncio sobre viagra é engraçado, não é? É engraçado, mas não alimenta. Você não ganha cliques e o visitante do seu site não tem a experiencia de visitar o seu site complementada pelos anuncios relevantes à pesquisa dele. Para acabar com este problema você precisa mostrar melhor para o Google Adsense onde está o conteúdo relevante da página. Isso você faz usando TAGs HTML. A página de ajuda do Adsense ensina bem como fazê-lo.

Passo 4: Veja o dindin entrando

Acompanhar é facil, basta entrar na página do adsense e ficar acompanhando. Mas ver no conforto do seu desktop não tem preço! 😉 Por isso, se você é fã do Konfabulator, agora chamado de Yahoo!Wdgets, basta baixar o widget correto. Neste caso é baixar o Google Adsense Widget.

Agora se você não quer usar o Yahoo!Widgets, mas usa o Firefox, então use o Adsense Notifier.

Deve existe também gadgets para o Google Desktop, mas como ainda não entrei nesta onda, não posso sequer comentar a respeito.

Passo 5: Acompanhe e melhore o desempenho

Se você tem um site que é turbinado pelo WordPress, então você precisa desta extensão. Ela controla a exibição de anuncios e ainda te diz em qual página foram feitos os cliques. A extensão se chama Adsense Logger e não precisa de nenhuma inclusão no seu tema. Basta fazer upload ativar e utilizar. Com ele você sabe tudo, quantos cliques, onde e quando. Com isso você pode melhorar o desempenho do seu site e anuncios adsense. Não testei a extensão, e parece que ela não está mais sendo desenvolvida.

Eu segui estes 5 passos e melhorei bastante o meu desempenho. Claro que ainda não dá para viver só de cliques, mas já é um bom começo. Se você tem outras receitas, compartilhe aqui.




Artigo Anterior

Leia Também


Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Muito boa as dicas, obrigado.

    Responder
  2. Muito boa as dicas amigo. Espero que deem resultados. Apliquei elas no portal de noticias que eu administro o opiniaoweb.com, espero q ajude 🙂

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: