Panono: a esfera que tira fotos panorâmicas




Há dois anos um grupo de pessoas lançou uma esfera que tirava fotos em todos os ângulos e tirava uma “foto” do ambiente como um todo, mas ela era feia, grande e complicada de fazer. Agora, com novo nome, Panono, e menor, mais barata e resistente, o grupo volta para tentar conseguir levantar os fundos para produzir a esfera que tira fotos.

NewImage

O custo estimado de cada uma destas belezocas é de 500 dólares e para virar realidade precisa atingir 900 mil dólares de fundos arrecadados através do site de Crowdfunding Indiegogo.

No total são 36 câmeras que juntas formam uma imagem equivalente à 72 MP. Seu funcionamento é bem simples e precisa do seu smartphone ou tablet conectado à internet que roda iOS ou Android. A esfera captura a imagem panorâmica, ou melhor, as 36 imagens e oferece uma pré-visualização no seu smartphone. Para a imagem final, as imagens são transmitidas para a “nave mãe” que realiza a montagem de alta performance e qualidade para você depois compartilhar com amigos através do site, redes sociais e também visualizar através de smartphones com acelerômetros (ou tablets).

Existem 3 modos de operação para a câmera. Para tirar a foto você pode pressionar o botão no seu topo (esfera não tem topo!), jogando ao alto e quando o movimento dela se inverter ela tira a foto ou através do smartphone que funciona como um controle remoto. Neste último modo de operação a Panono pode ser presa a uma haste e assim estabilizar a imagem que pode ser tirada com baixa iluminação.

Seu tamanho é de 11 cm (é o raio dela, lembra que é um esfera?) pesa 300 g, pouco mais pesado que um smartphone. Sua memória interna é capaz de armazenar cerca de 400 panoramas completos. Para transmitir as imagens para o seu smartphone ou controlá-lo remotamente você usa bluetooth ou WIFI.