Pirataria encontra a Microsoft e vice versa




O Diego Jock me enviou um bom link por email semana passada. É uma reportagem sobre o chefão da Microsoft do setor de propriedade intelectual e suas viagens pelo mundo para combater a pirataria dos produtos da empresa do Tio Bill Gates. A reportagem conta como ele conheceu o mercado pirata que vende cópias do Vista que nem foi lançado ainda. Boa leitura.

Aliás, é inadmissível que alguém prefira comprar um software pirata que alimenta o tráfico, PCC, CV, 3º Comando ou seja lá qual for o crime organizado que está por trás disso, à comprar o software original com garantia que gera empregos e impostos para o desenvolvimento de nosso país.




Artigo Anterior
Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

11 Comentários

  1. Empregos no NOSSO pais? forçou a barra um pouco não?

    95% dos empregos sustentados com a compra de um programa original vai para o pais de origem – que em 99% não é o Brasil….
    [Quanto aos impostos, preferiria que o governo fosse menos guloso e mordesse menos meu bolso quando importo alguma coisa… pagar quase o preço do produto em imposto é inadmissível…]

    Agora respondendo a sua pergunta: Muita gente não pode comprar o original a R$469 (preço do XP home, no submarino) mais R$369 (Office 2003 versão acadêmica) em vez de R$10 (ou até menos) na barraquinha da esquina….

    E sempre tem os malandros, que querem o XP Pro (só porque ele tem um Professional no nome) e o Office mais caro (sendo que vão usar os mesmo recursos do Office Basic). Só que como isso vai dar muito caro (R$749+R$1299) eles vão na barraquina e, de novo, compram os dois a, no máximo R$10.

    Eu prefiro usar software livre, pelo menos fico com minha consciência tranqüila…

    Responder
  2. eu não estava pensando em empregos diretos da MS aqui no Brasil, mas sim os empregos indiretos relacionados ao tema. Venda, suporte e afins.

    Responder
  3. Cara, infelizmente são poucos que podem pagar 750 reias num programa. Talvez se os preços não focem tão altos, mais gente iria comprar. Pessoalmente eu não iria, sou muito mais meu Ubunutu em casa do que o Windows no trabalho. Mas gosto é gosto, e bolso é bolso.

    Abraços,
    Vinícius

    Responder
  4. Inadmissível é pagar essa grana toda por um programa que nem segurança te proporciona. Prefiro gastar isso num Photoshop, HomeSite da vida…

    Responder
  5. aliás, quanto custa o MAC OS X?

    Responder
  6. Filipe

     /  12/12/2006

    Mac OS X – Preço Sugerido Usuário Final:
    Mac OS X 10.4.6 “Tiger” Retail (International) = R$ 329,00
    Mac OS X 10.4.6 “Tiger” Retail Family Pack (International) = R$ 505,00

    Preços justos até para o mercado brasileiro.

    Responder
  7. Rodmar

     /  12/12/2006

    Ih, a galera já disse, o ser humano se tornou inescrupulosos e existem os piratas profissionais, donos das grandes companhias de software q prometem mais nada cumprem, pirateando nossa boa vontade em compartilharmos o mundo com gente tão escroque como este tal de portoes (q devem ser do inferno, pra nos escarvizar com este windows) e os piratas amadores, q tenta sobreviver à custa de sua propria marginalização, acabando por se inserir em um contexto de crime e incoerencia no desejo de obeter pelo menos parte da fortuna q os M$ ganham por dia em anos de trabalho duro e sem consciencia… enfim entre a faca e o legume, é assim q os usuário de computador se sentem, qndo optam pelo windows da vida, não tem como pagar pelo preço destes produtos, qnd usam o livre não tem o dinheiro pra se especializar no uso do livre e fiuca quebrando o galho com eles mesmo, mas ainda sim, me parece a mellhor solução, vamos apoiar o livre e lutar contra a pirataria oficializada micro e soft q vem nos escravizando todos este anos e seremos muito mais felizes

    Responder
  8. Concordo Rodmar.

    Acho a usabilidade do Windows legal, graficamente é bonito, o Vista então, é lindo, também acho ruim ter que ficar decorando códigos pra escrever em Linux, como acontece.

    Mas e a segurança?
    O camarada vai, gasta uma grana, compra uma máquina boa, pra fazer todas as coisas que ele precisa no PC, mas não tem garantia que seus dados vão ficar protegidos (ou pelo menos que a empresa produtora do SO se esforça ao máximo pra evitar isso, o que não parece acontecer com a Microsoft).

    Uso o Windows e gostaria sim de ter a versão original, assim como todos os outros softwares, games, etc.

    Também não apóio a pirataria, mas cobrar um preço desse na minha opinião é incentivar essa prática.

    Responder
  9. Tmbém prefiro não pagar pelo disco do XP original… Para as ferramentas que uso o meu Linux cai direitinho… Se bem que ainda uso uma versão registrado do SO do tio Bill…

    Responder
  10. Freds

     /  19/02/2007

    O GRANDE problema do linux é que o visual é tosco demais.

    KDE, GNOME, são lixos comparados com windows.

    No dia que o Linux for fácil de usar como windows é, ai sim eu usarei linux no desktop.

    Enquanto este dia não chega, dalhe pirataria 🙂

    Responder
  11. Quando eu mexia com linux eu adorava o Enlightenment. Agora tem uns lances bem legais do XGL eu acho. O windows está meio atrasado com esta história de efeitos visuais no sistema operacional.

    O Vista é a primeira tentativa de fazer algo neste sentido, mas isso não acrescenta nada. Infelizmente.

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: