Porque você precisa incluir Tecnorati tags




Adoro estes artigos que são resposta a outro artigo. Eu fui ler o meiobit para ver o que há de novo por lá e para minha surpresa via alguns artigos escritos pelo Leo. O meiobit tem vários autores, mas eu acredito que o blog precisa ter a cara da pessoa. Pra mim o meiobit é o Leo e ponto (sem tirar o mérito de todos os outros autores que por lá deixam suas noticias). Enfim, ele fez um artigo ontem falando das tecnorati tags e por que não se deveria utilizá-las.

Por um lado ele até tem razão. O fim do artigo fico todo poluído. É só ver o blog do bruno. O Blog é ótimo, ele é um ótimo vizinho de blog, mas chega no final do artigo tem uma penca de coisa que atrapalha. Tem o “compare preços” depois vem os TAGs do Tecnhorati, blogblogs e dos próprio blog. Totalmente over. Foi mal Bruno! Conteúdo legal, assunto bacana, mas chega no final do artigo é que nem aquele grupo que vai atrás da escola de samba na sapucaí. Uma zorra só! :mrgreen:

Eu ia adotar o blogblogs também, mas acabei não fazendo por achar informação demasiada no final do artigo. Fico apenas com o “compare preços” que é útil aos visitantes que buscam opiniões sobre os produtos de tecnologia (que é o tema do meu blog) e ainda o technorati que é um local muito mais provável que uma pessoa de tecnologia vá procurar algo sobre o tema do o blogblogs. Pelo menos por enquanto.

Porém, eu acho que o Leo acabou fazendo uma confusão que a maioria das pessoas acaba fazendo. Categoria é uma coisa, Tag é outra. Categoria é algo que define um assunto, tipo as seções do jornal: Rio, País, Mundo, Esportes. Tags são coisas mais especificas, tipo: Se a categoria é esporte, as tags poderiam ser: futebol, vasco, chuteira, ronaldo e assim vai.

A categoria é uma coisa mais genérica, já a TAG é algo mais íntima do tema. Criar uma categoria para cada TAG do artigo é algo que vejo como errado. Dependendo do tema do blog você pode acabar com mais categorias do que artigos.

Ter muitas categorias acaba confundindo o visitante que não acha o que ele precisa. Umas das coisas que gostaria de fazer antes de completar dois anos de blog é diminuir a quantidade de categorias que criei.

Não sei se a minha visão deste assunto está deturpada, mas acredito que existe uma diferença entre Tag e Categoria. Sim. Existe sim. Claro que sim. hum… er… claro! 😉




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

11 Comentários

  1. Também pensei em escrever uma resposta ao artigo do meiobit mas não passei á prática. Teria sido qq coisa do género q eu teria escrito.
    Só quero apontar uma coisa. O MeioBit não diz para não colocar as tags, diz apenas que não são indispensáveis se houver uma boa organização nas categorias.
    De qualquer forma estou de acordo. Tags e Categorias são coisas diferentes porque… hum …ah…pois…

    Responder
  2. Pois é, o seu site já tem as tags, então não precisa colocar lá tecnorati tags. :).

    Mas eu acho que Tag é apenas uma nova palavra pra Categoria.

    Responder
  3. Acho que não… é como eu disse no artigo. Tag é mais especifico, a categoria é o genérico. É uma coisa bem mais macro.

    Responder
  4. Meu blog não tem suporte a tags, e ainda não consegui fazer o upgrade para a nova versão que tem esta opção. O resultado é que tenho muito mais categorias do que eu queria, mas este ano, se der tempo, vou fazer uma reforma no blog, juntando várias categorias que são redundantes.

    Responder
  5. Concordo completamente que categorias e tags são coisas diferentes, uso as duas no meu blog mas nos rodapés dos posts eu exibo apenas as categorias. Acho que assim fica mais limpo pra quem visita. As tags eu mostro todas elas numa tag cloud na seção Arquivo.

    O blog do Bruno é excelente mas aquele rodapé dos posts é uma penteadeira de puta, tem de tudo. Hehehe…

    Responder
  6. Opa ! Valeu pelos comentários, Berna. Os pontos do post foram 2:
    1) Tags não são necessárias, são opcionais
    2) Vamos deixar um pouco menos de lixo no rodape do RSS. É como assinatura de email, lembra aqueles que colocavam até poemas, imagens em ASCII, etc ? Pois é.

    O Meio Bit é o Léo ? Hehe, estou me esforçando para postar lá, mesmo com o tempo escasso !

    []
    Leo

    Responder
  7. Leo, são dois bons pontos de fato.

    Vinicius, mas então como fica para o technorati cadastrar estas TAGs se elas não estão visíveis?

    Responder
  8. Eu gosto da minha penteadeira de puta :D, aliais, coitada das meninas, tudo em blog agora é comparado com elas.

    Sério, acho aquilo bastante útil, pelo menos, quando eu estou lendo um texto, gosto de alternativas para me aprofundar no assunto e não ter que voltar ao patrão para uma nova rodada de pesquisas.

    Eu pretendo deixar um pouco mais organizado, mas não pretendo retirar os links.

    Abraços

    Responder
  9. eu acho os links podem ficar, mas a organização deles poderia ser diferente para não sobrecarregar o local nobre que é o fim do artigo.

    Responder
  10. Vou pensar em algo, mas no momento, nada me vem a cabeça, como designer, sou ótimo programador…

    Abraço

    Responder
  11. hehehe eu aplico a mesma tática. Se já está, deixa ficar. 😉

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: