Preços absurdo do Audi A1




Eu sei que a culpa é da nossa fantástica legislação, mas não dá para acreditar no preço absurdo que estão estimando para o Audi A1 no Brasil. Ele vai concorrer com o Mini da BMW por aqui e estes já tem um preços salgado, mas não por que ele é caro, mas por que ele é considerado mais cult e carro “fashion” do que um carro que se paga pelo luxo que tem.

O Audi A1, pode ser considerado um carro de luxo, mas seu preço está mais determinado pela concorrência do que pelo seu custo, aposto. O A1 tinha tudo para ser uma ótima opção de carro pequeno premium, coisa que o Fiat 500 não conseguiu ser exatamente por conta do seu preço. A Hyundai viu uma oportunidade e o i30 vendeu como água exatamente por conta de seu preço e acessórios que oferecia.

O A1 está estimado em 90 mil reais. Isto é mais caro do que um Hyundai Azera que tem motor v6 de 3.3 litros e cambio automatico de 6 marchas e uma penca de acessórios bacanas.

Você pode ver a linha de montagem do A1 na Bélgica abaixo e ver como ele é montado para você tentar descobrir como ele pode custar 90 mil reais.

Abaixo você o vídeo feito por uma pessoa que fez o test drive do carro e mostra o veículo. Realmente um carro topo de linha e interior bastante interessante.

E aí? Vale os 90 mil? Funciona com o iPhone? A grande pergunta é se ele vem pro Brasil com GPS integrado. Tolinho que eu sou, claro que não virá… Por este preço ainda prefiro o Azera.

O Audi A1 estará disponível no Salão do Automóvel em São Paulo.

Quer ver mais vídeos do Audi A1 no Youtube? Clique aqui.

Via MotorDream.




Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. toucego

     /  27/08/2010

    Realmente excessivo é um adjectivo fraco… lol
    O carro é muito bem construído (apesar do uso e abuso de plástico no tablier, de boa qualidade convém dizer) e estéticamente é bastante agradável apesar de eu achar que é um carro que vai agradar bastante ao publico feminino.
    Mais tarde ou mais cedo o Brasil vai ter de terminar com essa penalização de tudo o que é importado porque afinal, se a União Europeia e os Estados Unidos fizerem exactamente o mesmo aos produtos que chegam do Brasil…é muito bonito proteger a economia mas se todos o fizerem em igual escala ninguem exporta o que quer que seja. (Não tome isto como uma critica de costumes mas apenas como um facto).
    Pelo tom grave da forma como voce escreveu o post fiquei curioso de quanto valia os tais 90 mil Reais…40 mil €?! Deus meu…agora entendo, é um price tag completamente pornografico!
    Aqui em Espanha, onde vivo agora, vão desde os 16 mil€ do 1.2 TFSI até aos 23 mil € do 1.4 TFSI. Pelo meio destes preços estão as versões a diesel que serão a que mais se irão vender ( e com a excepção do 1.2 TFSI são as unicas que se encontram para entrega nos stands automoveis cá) as 1.6 TDI de 90 e 105 cv (70-80% do mercado). Ou seja, 20.000 €, metade desse preço aí no Brasil(45 mil Reais).

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: