Primeiro avanço em sistema de arquivos em “séculos”




Sistemas de arquivos não mudam há anos. Ao longo do tempo eles até evoluíram, porém mais por conta da tecnologia do que por conta dos usuários, mas mudanças mesmo, nada. Antes os arquivos tinham limitação de tamanho de nome (8 caracteres para nome e mais 3 para a extensão), tinham limites de tamanho bem inferiores aos atuais e até mesmo as permissões eram bem diferentes, porém a estrutura hierárquica continua a mesma com pastas em diferentes níveis e arquivos sendo endereçados por caminhos separados por barras.

Apesar do iPhone OS ser baseado no OS X e ter uma estrutura interna de pastas hierárquicas a Apple não libera o acesso a este sistema de arquivos de maneira direta, mas alguns apps tem a capacidade de acessar arquivos como o app de fotos e quando o iPad for lançado surgirão outros apps que precisarão acessar arquivos locais. Por enquanto sabemos apenas dos apps que formam o iWork para iPhone OS, mas com certeza outros surgirão. Quem sabe um Adobe Acrobat que permitirá sincronizar arquivos PDF?

O importante aqui é o que a Apple ao fazer estes apps está mudando a forma do usuário interagir com arquivos. A pessoa que está manipulando os arquivos precisa cada vez menos se preocupar em colocar o arquivo numa estrutura hierárquica, mas sim se preocupar em definir o conteúdo do arquivo com tags e nomes realmente importantes. Assim encontrá-los se torna muito mais fácil com o spotlight. A Apple está tirando a complexidade do armazenamento de arquivos criando uma camada intermediária onde os arquivos são acessados de maneira mais direta. No OS X ela tem feito isto nos softwares iPhoto, Photobooth e iTunes. A manipulação de arquivos nestes programas acaba sendo mascarada. No iPhoto você não precisa saber onde o arquivo está, basta saber em qual Evento ou Álbum está e pronto. Se você enviar por email uma foto cadastrada no iPhoto, o OS X te mostra os álbums conforme organizados no iPhoto na mesma janela onde está as pastas de arquivos.

E como é o armazenamento de arquivos no iPhone OS? Pelo que li no artigo do AppleInsider, os arquivos suportados pelos apps que formam o iWork e pelo iPhoto ficam na mesma pasta onde o app está instalado, então se você remover por exemplo o Numbers para iPhone OS, todas as planilhas que você fez nele serão apagadas. Eu realmente não gostei, prefiro que exista uma pasta desassociada do app que mantenha os arquivos de um determinado formato e estes sejam acessados por qualquer app, assim como é feito no OS X para as fotos o iPhoto por exemplo.

Ainda que a maneira escolhida pela Apple não seja a melhor, gosto do fato de que ela esta tentando evitar o método de acesso à arquivos de maneira hierárquica.




Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Quando o Gmail surgiu com os ‘labels’ no lugar das tradicionais pastas pra organizar os emails, eu gostei da novidade porque eu podia organizar um email ao mesmo tempo como ‘Família’ e ‘Fotos’, por exemplo, e eu acabo encontrando tudo mais rapido. Mas pros arquivos do computador eu não acho isso legal não, vai ficar uma bagunça e o computador cheio de lixo… Mas vamos ver se a Apple me surpreende!

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: