Quantum dot: Que porra é essa?




Este ano resolvi acompanhar a CES apenas por resumos publicados na internet. Boa parte deles vinham com o termo “Quantum dot” e minha reação ao termo foi a do título. O que diabos é esta tecnologia.

NewImage

Depois de pesquisar um pouco descobri algumas coisas. A primeira é que o termo é uma buzzword para vender e justificar a troca do televisor que você tem em casa. A segunda coisa é que a tecnologia não é nova. A Sony já emprega a tecnologia nos seus televisores topo de linha há dois anos.

No vídeo abaixo você pode entender melhor o funcionamento do quantum dot, que no frigir dos ovos é apenas uma nova tecnologia de backlight para televisores LCD com backlight de LED. Com quantum dot, é possível remover um filtro que acaba com parte do brilho do televisor. A nova tecnologia pode tornar o LCD ligeiramente mais grosso, mas promete ainda mais eficiência e mais brilho. Ainda não chega aos pés do OLED em nível de branco e preto, mas chega perto.

Explicando melhor. Ao invés de ter um backlight que ilumina apenas com LED branco, elementos entre o backllight e o LCD corrigem a cor do LED branco para iluminar com a cor correta. Você pode ver abaixo na parte de cima sem o quantum dot e abaixo com o uso do quantum dot.

NewImage

O grande motivo para os fabricantes não fazerem televisores com OLED e optarem por quantum dot é que com quantum dot o preço do televisor tem 1/3 do valor de um que emprega OLED. Outro motivo para que as empresas terem começado só agora a produzir televisores com quantum dot é que a técnica anterior emprega o uso de um metal tóxico chamado cádmio. O processo de fabricação do quantum dot também ficou mais barato e pode ser em televisores que tem maior volume de venda e naturalmente, preços mais baixos.

Com informações do The Verge.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: