Quem ama bloqueia




A campanha da Oi é divina!

A Apple é uma destas empresas que ama muito seus clientes e por isso o iPhone está travadão para a AT&T. Por causa disto rola um vídeo no YouTube como uma homenagem aos desenvolvedores que tentam fazer programas para o iPhone, mesmo não sendo suportado oficialmente pela Apple. Veja:

Via 9 to 5 Mac.




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

7 Comentários

  1. Só mais um incentivo para que se possa crackear geral!!!

    O problema é deles…

    []s

    Responder
  2. Felipe

     /  17/10/2007

    A campanha da Oi seria divina se a empresa não fosse tão hipócrita ao ponto de fazer essa campanha enquanto bloqueia celulares de clientes corporativos. Sem contar que é uma jogada de marketing (óbvio) para forçar as outras operadoras a fazer o mesmo e se beneficiar com isso agora que não vende mais aparelhos, só os chips.

    Responder
  3. Matheus Veríssimo

     /  17/10/2007

    A Oi sempre foi uma empresa que nunca me chamou a atenção. Mas com essa campanha, sem dúvidas, a atenção obteve pontos positivos.

    Só uma coisa que eu não entendo, Bernardo: por que a Apple lucraria mais vendendo o iPhone pela AT & T ao invés de vendê-lo desbloqueado?

    Responder
  4. Não imagino o porque ela venderia mais vendendo celular bloqueado. Imagino que esta decisão deve ter sido mais por causa de limites da capacidade fabril que seus subcontratados tem. Assim eles evitam o mico de não ter equipamentos para atender a demanda. Da mesma forma que restringindo a uma única operadora eles mantém o status de linha premium que seus produtos tem. Aliás, como o iphone é na verdade uma dupla de equipamento e serviço, imagino que com apenas uma operadora para criar serviços fica mais fácil de manter o controle sobre erros. Imagina ter 5 operadoras que oferecem serviços diferenciados para o mesmo aparelho.

    Bem sei lá. Uma coisa é certa. Ela faturou uma grana preta com a decisão. Vamos ver se eles conseguem chegar a marca de 11 milhões de unidades, que é a meta deles. Não é este o número mágico?

    Responder
  5. Matheus Veríssimo

     /  20/10/2007

    É verdade, fica bem mais fácil de administrar as coisas assim. O produto é tão forte que qualquer um trocaria de operadora.

    E o Brasil, como fica em relação ao iPhone? Será vendido aqui ou teremos que trazer de fora?

    Responder
  6. Do que eu estou vendo, as operadoras estão disputando quem terá acesso a exclusividade que aqui pode chegar a preços bem salgados, mas a Apple não se demonstrou interessada em entrar no nosso mercado em 2008.

    A minha aposta é que Vivo ou Claro consiga trazer o iPhone ao Brasil.

    Responder
  7. Alex Grigolli

     /  11/04/2009

    Essa Oi vai se lascar meus caros, ninguém gosta de ser usado, e ela ta fazendo isso com o povo brasileiro, só não
    concordo com o raciocínio, pois uma pessoa me questionou sobre direito de propriedade, vejam bem, quando compramos uma casa,
    um carro ou qualquer outra coisa, podemos realmente afirmar que é nossa?100%?Pagamos impostos, temos que seguir regras,
    citando o caso de carro ou casa, não pague ipva, iptu não faça o recuo da casa dentro da lei pra voce ver o q acontece, acho
    que uma vez que você concordou de comprar o aparelho bloqueado por ele sai mais barato, todos aqui tem que concordar em um
    ponto, ele é teu sim mas a operadora é tua sócia nesse caso, compre um aparelho nas Lojas Americanas da vida, pague o valor
    de mercado dele, sem vínculo nenhum com operadora dae sim pode-se dizer que o aparelho é nosso, o brasileiro valoriza muito
    pagar barato no aparelho, e pra isso ele aceita que o aparelho seja bloqueado, dae não adianta chorar, use um tempo na sua
    operadora (12 meses aqui no Brasil / na França é 6 meses) dae corra atras e cobre que desbloqueiem sem custo.

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: