Redescobrindo o Mercedes Classe B




Não pretendo gastar cem mil reais num carro, mas parece que o Classe B é uma boa opção nesta faixa de preço. O grande destaque deste modelo da Mercedes é o auxilio para estacionamento, parecido com o que a VW trouxe ao Brasil com o Tiguan.

Se você achou interessante, fique sabendo que o preço do carro começa em 97 mil reais. A versão intermediária fica em 105 mil e o topo de linha (B 200 Turbo) escala para 146 mil reais. E o que você ganha na versão básica pagando este caminhão de dinheiro? Leva ar manual, volante multifuncional com coluna ajustável e assistência elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, rodas aro 16, teto solar fixo, piloto automático e limitador de velocidade, sistema de som multifunção com visor, disqueteira e conexão Bluetooth para telefone, lanternas e brake lights adaptativos, airbags frontais e laterais dianteiros, apoio de braço dianteiro e apoios de cabeça ativos.

A versão intermediária traz ainda: assentos infantis de elevação (booster) integrados ao banco traseiro, revestimento de couro, ajuste elétrico para os bancos dianteiros, retrovisores interno e externo esquerdo eletrocrômicos (antiofuscante), sensor de chuva e o sensor de estacionamento melhorado pelo Parkguidance. O topo de linha muda o motor e também as rodas.

O motor de 1.7 litros tem 116 cv e torque de apenas 16 kgfm, mas o câqmbio CVT torna o dirigir mais agradável. O carro está longe de ser esperto e parece não lembrar em nada um autêntico Mercedes. Seu consumo está na casa dos 12 km/l e este carro seria uma ótima opção se custasse 30 mil reais à menos.

Via Carros UOL.




Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Nelson

     /  28/09/2010

    Ela tá R$91,900,00 aqui em Curitiba, 0km.
    É um carro bacana, e é uma Mercedes!

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: