Saraiva Não?




Fiquei chocado com o caso de um cliente descontente e enganado pela Saraiva. Ele gastou uma grana para divulgar o seu caso e de outros também. Ele comprou um iPod Touch de segunda geração por 600 pratas e levou um de primeira geração.

O site é Saraiva Não. Veja a descrição do caso através do vídeo abaixo:




Artigo Anterior
Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

16 Comentários

  1. Eu estou acompanhando desde do inicio quando o Fischmann postou lá no MM. Achei a atitude de alguns meramente ridícula, inclusive falei isso nos comentários dos artigos. Mas por quê ridícula?

    Simples, teve gente que mesmo sabendo que não era o da 2ª resolveram comprar do mesmo jeito. Vai entender!!!

    Responder
  2. whinston

     /  31/10/2008

    Tiago, ridículo na minha opinião é opinar sem conhecimento de causa.
    Você leu todo o post e viu no vídeo que a Saraiva faz isso direto, em vários produtos? Pois eu não me conformo que você ache normal uma empresa usar desses métodos escusos para aumentar as vezes.

    Responder
  3. Claro que tem gente tentando ser esperto neste caso, mas a Saraiva anda sendo evil.

    Responder
  4. @whinston, só assim a gente se “bate”.

    Então, não sabia mesmo que tinha acontecido com outros produtos, mas como o Berna só citou o acontecido com o iPod touch, apenas opinei sobre o assunto. O mesmo eu expressei lá no MM que você também acompanhou.

    Nem fiz questão de ver o vídeo, mas não foi por nada, tudo por causa da Internet aqui da agência que ultimamente tá baleando “búnito”.

    Como eu falei lá no MM, achei ridículo sim, os usuários que sabiam e mesmo assim queria tirar uma de consumidor prejudicado. Acharia mais certo fazer o protesto contra esse tipo de “marketing” da Saraiva, do que comprar pra depois dizer que foi enganado.

    Mas é isso. É apenas a minha opinião, e digo pra você que a Saraiva está totalmente errada (pior agora que soube que faz isso direto), mas acho que se o consumidor que tira uma de bonzão, sabendo do erro da empresa, pra mim é ridículo. Como é ridículo que a empresa utiliza de uma prática bizarra como essa.

    No mais…. abraços

    Responder
  5. Loja esperta merece ser usurpada. Se eu tivesse um amigo advogado pensaria nesta onda de processar a Saraiva.

    Responder
  6. whinston

     /  31/10/2008

    Tiago, infelizmente isso aconteceu com muita gente (de opinar sem ler todos os comentários, até porque foram mais de 300). Porém, esse tipo de prática, se anunciar algo pra ‘chamar’ consumidor e depois ‘pular fora’, é algo que deve ser abolida. Se isso acontece nos Estados Unidos, nossa sra.. Fecha a loja. Por que temos que ser diferentes? Eu exijo ser respeitado e pode ser numa bala 7 belos de R$ 0,25 ou num automóvel.

    Responder
  7. @whinston, claro meu caro. Eu não estou falando que vocês estão errado de exigir os prejuízos. Sacou!! O que estou falando é que consumidores que mesmo sabendo do erro e da atitude bizarra da Saraiva, compraram e agora ficam chorando. Novamente digo, que é apenas a minha opinião contra a galera que fez isso.

    @bernabauer, claro man. Até eu se fosse enganado assim, e ñ procurasse saber (através de outras pessoas) dos fatos, estaria revoltado e metendo processo.

    Agora, essa questão de “se fosse lá fora”… Vocês acham que não existe empresas lá fora que fazem a mesma coisa? A única diferença é que lá, se resolve e aqui a justiça (minúsculos mesmo), não faz nada, infelizmente.

    Responder
  8. Concordo e entendo o ponto de vista do Celestino. Não colocaria minha mão no fogo por todos que compram o iPod. Da mesma forma que alguns não sabiam do erro, enquanto outros estavam conscientes e só o fizeram para ganhar em cima da loja. Como existem lojas de má fé, pessoas assim é o que mais tem, né não? =/

    Responder
  9. @Vitor Hugo, pois é. Quis falar a mesma coisa, porém com palavras mais longas. =D

    Responder
  10. Então era mais fácil ter dito “Fuck them all”?? Por que não falou logo? :mrgreen: Agora eu entendi!!!

    Responder
  11. whinston

     /  01/11/2008

    Vitor, não quero ser rude contigo, mas peço que antes de emitir opinião, se informe sobre o caso. Está amplamente divulgado em nosso blog. A Saraiva faz isso com diversos produtos, seguidamente. Não foi um erro qualquer. É algo que vem acontecendo repetidamente.

    Responder
  12. @Whinston: eu li o blog e assisti o vídeo antes de emitir a minha opinião. E parece que o senhor que não quer entender a opinião do Tiago e a minha. Vale ressaltar que não estou (e nem o Tiago, acredito) acusando o senhor de nada.

    Nem de longe quero defender a loja, porém não acredito que todos os clientes que compraram o iPod e outros agiram de boa fé. O mundo está repleto de pessoas “espertas” querendo tirar proveito de qualquer situação.

    Responder
  13. whinston

     /  01/11/2008

    Vitor, a empresa Saraiva dispõe de toda uma hierarquia e estrutura e deveriam ter (senão tem) pessoas responsáveis por ‘validar’ cada produto que é colocado no site ou em suas lojas. Dessa forma, evitariam problemas, sendo de má fé ou não. Não é aceitável que uma empresa do porte da Saraiva publique repetidamente (conforme site ReclameAqui.com.br) ofertas de produtos errados, seja em suas características, valores, prazos, etc.

    Responder
  14. Francisco

     /  01/11/2008

    Pq insistem nessa questão q teve gente q se aproveitou da ocasião… e daí meu amigo? Fazer o q? A Livraria Saraiva “errou” feio e agora deve pagar aos inocentes e aos “espertinhos”!!! Se ela (Saraiva) quis dah uma de esperta, acho que não conseguiu muita coisa não, pois sua reputação não ficou nada legal depois desse episódio. E se foi um erro do “sistema” (rsrs), ela deve melhorá-lo para que isso não ocorra novamente. Porém, em qualquer dos casos, ela deve entregar o produto que anunciou, ou seja, Ipod Touch 2a Geração.

    Responder
  15. Eu só quero ver aonde essa história vai dar.

    Responder
  16. Pessoal, sou o responsável pelo site saraivanao.com.br e gostaria de comunicar que nosso direito foi preservado e recebemos o produto anunciado. Ou seja, fizemos valer nosso direito de consumidor e obtivemos o produto correto, apesar da dor de cabeça e da posição da Saraiva de enrolar o caso.

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: