Serviço Mobile Me: Que preço é este?




Desde que comprei um Mac comecei a me indagar. Quero um endereço de email .Mac? O serviço sempre foi oferecido pela Apple e após o lançamento do iPhone ele começou finalmente a se tornar mais atraente. Tudo bem que antes existia uma certa conveniência para configuração dos serviços num Mac, mas ele nunca foi realmente importante e vital.

Hoje em dia ele é fenomenal. Sincronizar tudo entre os os dispositivos sem precisar fazer nada é divino. Achar o iPhone através da interface web? Fantástico. Ter um espaço na internet para colocar arquivos e nem precisar se preocupar para fazer seu download? Não tem preço.

No começo do ano eu tinha declarado que assim que comprasse um iPhone, o que já aconteceu, eu assinaria o serviço. Até agora eu não fiz. Após analisar friamente o gasto que seria ter o serviço, pensei melhor e não adquiri ainda. O que falta pra mim é poder usar o serviço com meu dominio próprio. Eu já tenho duas contas de email para cuidar e uma terceira nada agregaria. Esta é a desculpa atual, mas eu descobri outra.

Você sabe quanto custa ter o MobileMe lá fora? Custa 99 dólares. E aqui? 230 reais. Não era para custar algo em torno de 180 reais? Como é que ficou tão caro aqui em Reais? O que me levou a segunda pergunta. Se é possível contratar o serviço diretamente pela internet sem precisar comprar o serviço na loja, por que não contratar com o cartão de crédito internacional ao invés de pagar estes 230 reais? Alguém sabe como é o processo de contratação do serviço?

Enquanto não contrato o serviço, posso ir acompanhando as novidades através do blog do Mobile Me, por que recente rolou uma atualização. Nada demais, mas certamente pequenas melhoras para tornar o serviço cada vez melhor.




Leia Também


Deixe um comentário

5 Comentários

  1. Sem contar que a Amazon sempre dá desconto pro Mobile Me. Eu fui lá hoje e estava $72.49, mas já vi por até US$60…

    10 reais por mês dá mesmo pra coçar a cabeça… 😛

    Se você descobrir como/se dá pra comprar por lá, divulgue. 😉

    Responder
  2. Po cara tu sabe que tem nosso processo de internação do produto (caro pra caramba) sem contar a margem do revendedor. Mas cara um detalhe, um amigo meu comprou a um tempo atrás um Me na FNAC por R$169,00 e não faz tanto tempo assim, e agora depois da inaugurou a Apple Store ele foi para este preço. O que não justifica este absurdo preço, com o dolar a 1,72. Se eu for comprar o Me será lá fora mesmo. Tem até uns camaradas que vendem o numero no eBay por uns R$150,00 reais convertido.

    Responder
  3. Eu assinei o Mobile Me sem querer e de livre e espontânea pressão. Explico.

    Em janeiro furtaram meu iPhone e desde então venho me convencendo que mereço outro. Tinha na cabeça o mesmo raciocínio: assim que comprasse novamente um iPhone, assinaria o Mobile Me.

    Daí que ganhei um MacBook e resolvi experimentar o serviço dentro do prazo de cortesia da Apple (60 dias). Só que, dez dias antes do final deste prazo, não consegui mais logar na minha área e, portanto, fiquei impedido de cancelar a contratação automática do serviço.

    Resultado. A Apple debitou U$ 99 do meu cartão de crédito (internacional) previamente cadastrado no iTunes Store. E, sim, fiquei com a desagradável sensação de que o “pau” no login foi pau mandado.

    Enfim. O serviço é bacana? Com certeza; é padrão Apple. Tá valendo a pena? Não. Sem iPhone, certamente não. Assim que comprar outro iPhone poderei avaliar melhor e compartilhar com você.

    Abraço.

    Responder
  4. Alessandro

     /  26/04/2011

    Eu acho o seguinte, o serviço realmente não é barato, mas se formos considerar que ele dura um ano, dividindo por 12 (meses) dá 15 reais por mês… Acho até que a Apple deveria desenvolver planos de menor tempo com um preço mais em conta. Mas enfim, estou prestes a adquirir um iPhone ou um iPod Touch. Mas ainda estou em dúvida por causa desse serviço que tá bem salgadinho o preço…

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: