Sistema Auto Start-Stop da Ford




Recebi um pressrelease da Ford informado que eles estão popularizando o sistema que desliga o motor nas paradas dos carros e assim economizando combustível. Seria uma ótima notícia se fosse um carro popular ou acessível monetariamente falando e no Brasil. Acontece que não é nada disto. A noticia diz respeito ao Estados Unidos e ao Fusion Hybrid, carro que por lá pode ser popular, mas que aqui é carro de bacana. E põe bacana nisto!

NewImage

O novo Fusion é mega lindão e com novo motor e o sistema que desliga e religa o motor nas paradas, o carro fica ainda mais bonito. O sistema Start-Stop vai ser oferecido na linha 2013 e custará 300 dólares como opcional. O Fusion que vem ao Brasil tem motor de 2.5 litros, se eu não me engano, mas para ter este sistema especial, apenas com o motor 1.6 ecoboost de 172 cv. Motor parece pequeno para tanto carro, mas…

Image003

O novo Fusion será o primeiro sedã não híbrido do mercado norte-americano a contar com esse sistema, e por um preço muito menor em comparação com outros veículos. Isso mostra a preocupação da Ford em tornar acessíveis para mais consumidores as tecnologias inovadoras de economia de combustível.

Economia

Para o motorista médio do Fusion, a economia proporcionada pelo motor 1.6 EcoBoost com Auto Start-Stop é estimada em US$1.100 num período de cinco anos, em comparação com outros sedãs da categoria. O sistema para de consumir combustível quando o carro está parado ou roda em ponto morto. A economia depende do estilo de dirigir, mas os motoristas que rodam a maior parte do tempo em tráfego urbano se beneficiam mais, com uma redução de até 10%. Na média, o Auto Start-Stop aumenta a eficiência no consumo em cerca de 3,5%.

Um estudo feito pelo Departamento do Tesouro dos Estados Unidos estima que os congestionamentos representaram um consumo extra de 7,19 bilhões de litros em 2011, aproximadamente 5% de toda a gasolina usada no país. Algumas regiões da América estudam leis para inibir o excesso de uso do motor em ponto morto.

“O veículo em ponto morto consome energia sem produzir nenhum trabalho”, diz Birgit Sorgenfrei, gerente do programa Auto Start-Stop da Ford. “E também gera emissões de gases em um espaço concentrado, que podem afetar a qualidade do ar.”

Eficiência

Estudos mostram que os motoristas encontram, em média, de 10 a 15 sinais vermelhos e de parada em um trajeto típico de 32 quilômetros, o que representa de 5 a 15 minutos de motor em ponto morto, desperdiçando combustível.

O Auto Start-Stop que a Ford vai oferecer no Fusion com motor EcoBoost 1.6 é um dos equipamentos mais populares dos carros híbridos. Quando o carro para, o motor se desliga automaticamente e deixa de consumir combustível e emitir gases. Assim que o motorista tira o pé do freio, o motor volta a funcionar e está pronto a obedecer ao comando do acelerador.

“Nossos engenheiros dedicaram um grande esforço na calibração do Auto Start-Stop do Fusion para tornar o seu funcionamento o mais eficiente e confortável possível para o motorista e os passageiros”, diz Sorgenfrei.

Via AutoBlog.




Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: