Smartphone e tablets são reis, mas e o computador?




Terrorismo de mercado. É assim que eu classifico as noticias que prenunciam o fim do computador. Estas noticias, caso você não esteja entendendo, fazem referencia ao fim do mercado de computadores pessoais. Computadores pessoais são desktops, notebooks e os ultrabooks. Cada um destes específicos para um propósito. As noticias fazem alarde de que estes dispositivos deixarão de existir no futuro próximo por conta do crescimento das vendas em larga escala de tablets e smartphones.

O fim está próximo! #SQN 

NewImage

A venda de computadores pessoas realmente não cresce mais. Na verdade só faz diminuir. Sony anunciou que não fará mais parde deste mercado, Samsung está se retirando do mercado de computadores portateis (notebook e similares) na Europa e em linhas gerais a quantidade de computadores vendidos a cada mês realmente só faz cair. O único fabricante que consegue crescer em mercado e com dois dígitos é a Apple. 

Computadores pessoais eram a única opção para efetuar conexões com a grande rede e interagir com o mundo virtual. Notebooks começaram a ganhar espaço, pois se tornaram mais baratos. Mas, com a chegada do iPad e outros tablets, a necessidade do computador diminuiu ainda mais. Atividades rápidas e corriqueiras passaram a ser executadas com facilidade nos tablets e nos smartphones, que ganharam telas maiores e maior poder de processamento, sem falar nas baterias que duram um dia inteiros de uso.

Um caso de uso que eu gosto de citar é o de homebanking. No passado você podia fazer muita coisa pelo computador de casa ligado a internet. Contudo, por conta da natureza insegura do computador, a necessidade de programas de segurança tornaram um tormento usar o banco em casa. Pelo menos pra mim, que tenho uso esporádico. Gasto mais tempo tentando atualizar o programa de segurança do banco do que efetivamente fazendo transações. Isto é péssimo. No celular, as coisas vão mais fáceis e o melhor de tudo é usar a câmera para pagar um boleto.

O celular e o tablet são capazes de quase tudo que o computador é capaz, mas não são tão confortáveis de se usar por longos periodos. Nesta situação o computador com tela grande (ou gigante) com teclado ergonomico e mouse (ou trackpad – que eu particulamente prefiro) são muito mais agradáveis.

O fim dos computadores não está próximo, mas o seu uso se torna cada vez mais específico, já que outros dispositivos estão fazendo algumas coisas que antes só eram possíveis nos computadores.

Cada um no seu quadradado 

Afinal de contas, quantos dispositivos temos? Tem o Smartphone de tela pequena e grande, tablet, pequeno e grande, ultrabook, notebook e computador. Para cada um destes é bom você ter uma idéia de qual nicho de atividade ele se destina ou para o qual ele é um diferencial.

Smartphone

O smartphone é o mais prático de carregar para cima e pra baixo e é o companheiro de aventuras. Certamente o primeiro dispositivo que você usará para uma atividade. Se uso é para apenas alguns minutos e atividades básicas (pra não dizer atômicas). 

Ele permite que você se conecte à internet em qualquer lugar, desde que exista área de cobertura da rede de dados de sua operadora.

NewImage

Ele vem em dois tamanhos: Pequeno, que é a tela normal dele e um tamanho bem maior que fez o mercado chamar estes modelos de Phablets (casamento entre Phone e tablet). Estes modelos de tela maior são pensados para pessoas que não querem carregar um smartphone e um tablet ao mesmo tempo.

Pros: agilidade, praticidade, pequeno e leve

Contra: tela pequena, tempo de bateria

Exemplo: responder emails, atividades nas redes sociais, pesquisar respostas para duvidas simples, buscar noticias, taxi, condições do trânsito…

Locais de uso: qualquer lugar, principalmente em deslocamentos, em pé ou andando

 

Tablet 

Se o smartphone é para ser usado por alguns minutos. O tablet é para ser usado por algumas dezenas de minutos. Por conta da tela maior, permite que você digite textos maiores, realize leituras mais demoradas e extensas. Ele pode ser um modelo mais barato sem 3G ou 4G. Mas assim como o smartphone pode ser usado em vários lugares.

Se o smartphone é pensado para ser usado de pé com apenas uma mão, o tablet é melhor usado com duas mãos e sentado, ainda que o uso em pé também seja possível, mas não por longos períodos. 

NewImage

Tablets também vem em tamanhos e vale a mesma lógica do smartphone. Quanto maior, maior tempo de uso e bateria.

Pros: tela maior, tempo de bateria

Contra: maior peso e menos prático

Exemplo: responder emails mais elaborados, atividades em redes sociais, pesquisas mais complexas de conteúdo, leituras demoradas

Locais de uso: Normalmente sentado ou em pé.

 

Ultrabook 

Este pode ser o menos conhecido de todos. Ele é uma categoria de computador mais recente. É pensado para ser ultraportátil, pois seu tamanho e peso são menores que os notebooks. Por conta disto seu poder de processamento e de bateria podem ser prejudicados. 

NewImage

Ele tem tamanhos de no máximo 13″, mas é pensado exatamente para ficar entre um tablet e um notebook. Seu uso é pensado para ser usado sentado, como todo notebook. Pode ser usado de maneira offline ou online em conjunto com um modem USB ou usando a rede de dados do smartphone.

Para chegar ao peso abaixo de 1 kg e ter tempo de bateria para algumas horas de trabalho o armazenamento interno é em SSD o que limita o que você pode carregar. Nada de levar muitos vídeos ou fotos, por exemplo, ainda que hoje estes dispositivos vem com pelo menos 256GB de espaço, o que é bastante para muita coisa.

Pros: mais leve que um notebook, tela maior que um tablet

Contra: tempo de bateria, poder de processamento limitado comparado a um notebook, espaço de armazenamento limitado

Exemplos de uso: Atividades de ajuste de materiais criados em outros computadores

 

Notebook

Esta categoria de dispositivos não é muito diferente do ultrabook em termos de atividades. A principal diferença é que ele é mais pesado, tem mais capacidades em todos os aspectos. Tela de resolução e dimensões maiores, mais espaço de armazenamento além de maior capacidade de processamento.

Vale uma dica: O notebook pode ser um bom substituto para um computador de mesa. Ocupa menos espaço e existem modelos que tem tela e processadores equivalentes a computadores de mesa. O único revés, nestes casos, é que eles ficam ancorados perto de tomadas.

Outra dica é quanto a bateria. Muita gente negligencia os cuidados corretos para que a bateria dure mais de dois anos. É recomendável calibrar a bateria uma vez por mês. 

NewImage

Pros: Poder de processamento maior, computador portátil

Contra: preço, peso

 

Computador de mesa 

Tudo que um notebook faz, o computador também faz, só que mais barato. Este é ideal para jogos, armazenamento em grandes quantidades além de oferecer o melhor e maior tempo de uso por questões ergonômicas.

NewImage

Este é o dispositivo para você usar por dezenas de horas, respeitando naturalmente as pausas necessárias para você continuar produtivo e focado nas atividades.

O computador de mesa também tem várias opções. Você pode optar por um tudo em um, como o Apple iMac, ou a unidade de processamento separada do monitor. No caso de computadores com Windows, esta acaba sendo a opção mais em conta, por que você pode substituir peças que podem apresentar falha com o tempo por custos mais baixos. Também para fazer melhorias é mais barato, pois você precisa trocar apenas um ou outra peça, contudo, conhecimento técnico pode ser necessário para avaliar compatibilidade.

Pros: poder de processamento, custo, tecnologias

Contra: não é portátil, ocupa mais espaço sobre a mesa comparado com as demais opções

 

No fim, tenha mais de um

Não se iluda. Os computadores vão sim perder muito espaço e deixar de ser vitais para uma série de atividades, contudo, ainda são ótima opção para muitas. Para cada tipo de necessidade existe um dispositivo ideal e melhor, basta analisar e escolher com propriedade.

NewImage

Computadores continuarão a ser vendidos, continuarão a ficar mais baratos e poderosos assim como smartphones e tablets. Ter um não quer dizer que você não pode ter o outro, pelo contrário, você deveria ter pelo menos dois ou três dispositivos. Obrigatórios, porém apenas dois: Smartphone e Computador. Tanto faz se um notebook ou de mesa.

Dica: Se for realmente ter mais de um, a melhor experiência será com produtos da Apple por conta das integrações pensadas na concepção de cada um dos dispositivos. 




Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Álvaro Araújo

     /  27/10/2014

    Eu quando estou à serviço, naturalmente que não rola usar um notebook à bordo. Mas, certamente, em casa, longe do cockpit, eu adoro muito usar meu bom e velho Note ou pc(sim, eu tenho os dois) rs

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: