Tecnologia é protagonista de vários filmes




A tecnologia está presente na vida do homem desde sempre. Seja em diversos formatos, preços ou condições, a tecnologia ajuda na resolução de problemas simples e complicados.

A tecnologia está presente na evolução do ser humano desde a invenção do fogo, há aproximadamente 10.000 anos atrás. Afinal, ela não é apenas o smartphone ou computador de última geração, mas, de modo geral, um artifício usado para solucionar problemas que a vida mostra.

O homem primitivo tinha o problema de assar a carne, e para resolvê-lo, conseguiu reproduzir fogo com o contato entre dois galhos. O homem moderno quer se comunicar, e para isso inventou os aplicativos de conversação e outros modelos para resolver de modo eficaz esses empecilhos.

O cinema imita a vida, a idealiza e não poderia deixar de falar sobre tecnologia também. Não apenas em filmes de ficção científica, mas várias tramas tratam sobre o uso e impacto da tecnologia na era da informação no momento atual. Um deles é o recém-lançado “Enquanto Somos Jovens”, de Noah Baumbach. Ele fala sobre como o smartphone mudou vidas e pode ter dois lados: o bom e o ruim.

Maxresdefault

Partindo para o lado ficcional, “Tron – o Legado” repagina o filme original, de 1982, com o ator Jeff Bridges. “Tron” é um clone digital, uma espécie de avatar num grande game que se passa numa CPU gigante. A ideia de realidade paralela era novidade na década de 1980, mas hoje já é produto com o Google Glass e outros acessórios.

“Elysium”, do diretor Neill Blomkamp com Matt Damon e Jodie Foster, discute o uso mercadológico da tecnologia para beneficiar elites. Num futuro próximo, o planeta Terra está tão devastado que os mais ricos se mudaram para uma nave gigante – a tal da Elysium. Esse mundo dividido pela tecnologia mostra um outro lado, aquele que nem todos podem comprar e ter.

Outro que fala de realidades paralelas no futuro é o megassucesso “Avatar”, de James Cameron. O longa conta a história de Pandora, planeta onde a humanidade explora minérios e também os habitantes locais, os Na’vi. Através de uma tecnologia que compartilha material genético, a personagem de Sigourney Weaver cria “híbridos”: humanos que viram Na’vi e causam um grande rebuliço no modo de viver do planeta.

NewImage

De todos os filmes que usam tecnologia como protagonista, nenhum é mais emblemático que a obra-prima “Minority Report: A Nova Lei”, de Steven Spieberg. Tom Cruise, no auge da carreira, vive um policial que usa uma tecnologia chamada “pré-crime”, onde delitos são detectados antes mesmo deles serem cometidos. Quando os “pre-cogs” detectam que o próprio Tom pode vir a cometer uma crise, uma grande crise filosófica é instaurada na Washington do ano 2054.

Você pode conferir os filmes no Netflix, canais de filmes e também em trechos no YouTube. Com alguma sorte, você pode até mesmo encontrar os filmes completos no YouTube. Outros serviços de streaming dos canais de filmes também podem oferecer os filmes depois que você se identifica como assinante de uma TV por Assinatura. Normalmente filmes com temática tecnológica aparecem no gênero SciFi.

Aliás, qual o seu filme “tecnológico” preferido? Fala aí nos comentários.

(*) Artigo enviado pela Andreza e adaptado para ser publicado




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: