Tela sensível ao toque? Bah! Bacana é reconhecimento de voz




Reconhecimento de voz em smartphones estará cada vez mais presente e melhor. A Google já tinha inovado ao colocar em seu App no iPhone a capacidade de entender o que você quer pesquisar, ainda que somente seja possível utilizar o recurso de reconhecimento de voz para pesquisas em inglês, e a própria Apple também colocou em seu sistema operacional de smartphone de reconhecimento de voz para ativar funcionalidades do iPhone e o melhor de tudo é que a Apple o fez pensando no mundo, então mais de uma língua é suportada.

Aos poucos os softwares de iPhone estão implementando o reconhecimento de voz como solução para problemas de interface. Nestes últimos dois anos fiz duas grandes pesquisas sobre o assunto, porém achei pouca coisa de novidade. Em inglês até existe mais de um software, apesar da grande empresa por trás da melhor solução ser a Nuance. Aliás, diz o rumor que a Nuance comprou os direitos sobre o código de reconhecimento de voz da IBM. Você lembra do Via Voice? Pois então. Ele ainda existe lá fora, mas por aqui ele foi condenado à morte por não ser economicamente viável. Culpa da pirataria. Alias, o ViaVoice da IBM era a melhor, para não dizer a única solução de reconhecimento de voz disponível em português do Brasil.

No iPhone, começam a surgir agora opções interessantes que permitem que você fale o que quer e o app entende e faz. Dois apps chamam minha atenção. O primeiro não é novidade. É o Dragon Dictation da Nuance que faz o que você imagina. Ao invés de digitar longos textos no iPhone você pode ditá-los, ainda que somente em inglês. O software não se integra aos apps existentes, então você precisa ditar tudo no software e depois copiar para a memória, ou enviar o texto por email. Se a Apple permitisse a execução de serviços no iPhone, seria interessante usar este recurso dentro do app de mensagens, SMS ou twitter, por exemplo.

Utilizando o mesmo núcleo de reconhecimento de voz da Nuance surge outro app que tem reconhecimento de voz. Se chama Siri e ele é bacana. Novamente eu vou colocar uma nuvemzinha negra sobre a minha cabeça e invocar o tom de voz do garoto enxaqueca e dizer que ele só funciona em inglês. O Siri é um assistente pessoal. Você diz para ele “preciso de um taxi” ou “qual a pizzaria mais perto?”, ele te entende, faz uma pesquisa rápida e voilá. Resposta à galope. Acontece que a base de dados que ele pesquisa é para os EUA. Nem adianta abaixar o app e querer usar ele no Brasil ainda que você diga o que quer em inglês. Se você quer ver como ele funciona pode fazer o download dele através da app store ou ver o vídeo abaixo.

Via The Guardian, NewScientist.




Artigo Anterior

Leia Também


Deixe um comentário

1 Comentário

  1. isso é mesmo genial
    um dos principais motivos pelos quais quero ter um smartphone…

    Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: