Televisores com 3D e internet patinam nos EUA




As vendas de equipamentos capazes de reproduzir imagens 3D e também de acessar a internet encalharam nos EUA. Os fabricantes parecem bem decepcionados com os números referentes às vendas e a principal justificativa, pelo menos para os equipamentos com 3D terem vendas inexpressivas foi exatamente a falta de conteúdo especifico para este novo formato.

Eu digo isto já tem tempo, porém depois de ver uma demonstração de um televisor com conteúdo 3D, mudei completamente de idéia. Quando for comprar a próxima televisão aqui de casa, ela terá capacidade para 3D e talvez internet, mas certo mesmo só o DLNA, que eu acho que é vencedor.

Segundo o artigo da Reuters o 3D não emplacou por conta da falta de conteúdo e o pouco que foi produzido em 3D, parece não ser muito bem produzido. Outro fator que faz com que os consumidores não se interessem por televisores com 3D é que os óculos são incômodos e caros. Também tem outro porém, dependendo de como o conteúdo 3D é produzido, alguns espectadores podem se sentir mal.

Bom, pra quem tem um PS3, pode curtir alguns jogos em 3D e com isto pode ficar bem feliz com um televisor que seja capaz de mostrar 3D. Por aqui, porém, nenhuma emissora está produzindo conteúdo em 3D. A Rede TV, até tem um canal 3D, mas acho que ele é fake. Já lá fora, nada de ver canais em 3D ainda. Certo? Errado.

A SKY, operadora de TV por assinatura da ilha da rainha mãe tem um pacote para 3D e a programação é… não, não é. Não é farta, mas é sortida. Tem esportes, principalmente futebol, vários filmes, além de alguns documentários. Confira aqui. Quer saber do custo para ter 3D em casa e ainda 5 canais em HD? Cerca de 60 libras, algo em torno de 160 reais.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: